Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Orangotangos são capazes de planejar o futuro

Espécie é capaz de se comunciar informando o caminho a tomar no dia seguinte; para pesquisadores, descoberta pode sinalizar que eles possuem "algo próximo de uma mente"

maio de 2014
Jason Lee
Esses primatas têm noção de futuro, são capazes de planejar e de comunicar o que pretendem fazer para outros de sua espécie. É o que descobriram antropólogos da Universidade de Zurique sobre oragotangos depois de observar 15 machos dominantes por vários anos em uma ilha indonésia.

Esses animais percorrem grandes distâncias na selva, dando gritos a cada duas horas para que as fêmeas de seu grupo não se percam deles e também para afastar machos menores que estejam nas proximidades. Essas vocalizações já foram estudadas por outros primatologistas.

A novidade, segundo os cientistas de Zurique, é que o último grito do dia, que se assemelha a um longo uivo de mais de um minuto, é emitido na direção que tomarão no dia seguinte – informação que os outros macacos registram. As fêmeas param de seguir viagem quando ouvem esse chamado e se preparam para a noite. E, no outro dia, seguem por onde o macho indicou.

Os pesquisadores acreditam que os primatas planejam sua rota com antecedência e comunicam ao grupo. Reconhecem, porém, que talvez os orangotangos não percebam o efeito desse grito mais longo sobre os outros animais. Segundo os autores do estudo, publicado na Plos One, não é possível dizer se esses animais são conscientes, apesar de “cada vez ficar mais difícil provar que eles não apresentam algo próximo de uma mente”.

Leia mais

Cão superinteligente diferencia 250 palavras

Animal é capaz de identificar nomes de objetos por dedução lógica, capacidade até então atribuída apenas a humanos

Macacos-prego ignoram pessoas egoístas

Animais preferiram não interagir com voluntários que se recusaram a ajudar colegas em encenação