Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Pesquisa apresenta o mapa mundial do otimismo

maio de 2009
Apesar das calamidades que afetam o mundo, desde a recessão econômica até a epidemia de gripe, passando pelos conflitos armados e a pobreza, os seres humanos são otimistas por natureza, conclui um estudo realizado pela Universidade de Kansas e o Instituto Gallup, apresentado no último 24 de maio na reunião anual da Associação para a Ciência Psicológica, em São Francisco, Estados Unidos.

Os resultados da pesquisa, que incluiu mais de 150 mil pessoas em 140 países, revelaram que 89% dos entrevistados esperam que, nos próximos cinco anos, a vida seja tão boa ou melhor que a atual e 95% acham que ela será igual ou melhor que a dos cinco anos passados. Fatores demográficos, como idade e renda familiar, tiveram baixo impacto nos níveis individuais de otimismo.

Como mostra o mapa elaborado pelos pesquisadores, os países onde o otimismo atingiu taxas mais altas foram Irlanda, Brasil, Dinamarca e Nova Zelândia. Os últimos da lista foram Zimbábue, Egito, Haiti e Bulgária. Os Estados Unidos ficaram na décima colocação.