Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Psicanalista fotografa manequins descartados

Intervenção exibe painéis com imagens que desafiam as fronteiras entre real e imaginário

janeiro de 2013
Divulgação
Autor dos documentários Região dos desejos (1998), sobre mulheres internadas em hospitais psiquiátricos, e O prisioneiro da passagem (1982), sobre o artista plástico Arthur Bispo do Rosário, o psicanalista e escritor Hugo Denizart expõe no Museu de Arte Moderna (MAM) do Rio Janeiro a intervenção Estado de concentração – A violência muda: 38 painéis com fotografias, dispostas como que em fragmentos, de imagens de bonecos amontoados em um galpão, descartados depois de serem usados em desfiles de escolas de samba. As fotos de pedaços de rostos sem expressão e de corpos dilacerados perdidos entre restos de fantasias carnavalescas tratam da questão do efêmero e desafiam as fronteiras entre real e imaginário. 

Estado de concentração – A violência muda. Museu de Arte Moderna (MAM). Avenida Infante Dom Henrique, 85, Flamengo, Rio de Janeiro. Terça a sexta, das 12h às 18h. Sábado, das 12h às 19h. Informações: (21) 2240-4944. R$ 12. Até 20 de janeiro.