Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Psiquiatra Nise da Silveira inspira espetáculo multimídia

O monólogo retrata momentos marcantes de sua vida, como a troca de cartas com o psicólogo Carl Jung

julho de 2012
© DIVULGAÇÃO
Filha de um psiquiatra e de uma psicanalista, a atriz Mariana Terra não imaginava que viveria nos palcos a idosa de “olhar penetrante” que conheceu quando criança. No monólogo Nise da Silveira – Senhora das imagens, em temporada em São Paulo, Mariana interpreta a psiquiatra alagoana que apostou no poder terapêutico de tintas, pincéis e argila para tratar pacientes psiquiátricos.

O espetáculo retrata momentos marcantes da vida de Nise, como a chegada ao Rio de Janeiro na década de 20, a amizade com o poeta Manuel Bandeira, a prisão política durante o regime militar, a amizade com o escritor Graciliano Ramos e a troca de cartas com o psicólogo Carl Jung. Admirador do trabalho da alagoana, Jung chegou a visitar o Museu de Imagens do Inconsciente, no antigo Centro Psiquiátrico Pedro II, hoje Instituto Nise da Silveira. Criado pela alagoana há 60 anos, o prédio abriga mais de 350 mil obras de artistas com transtornos mentais. “Para Nise, a linguagem não verbal das artes plásticas possibilitava aos doentes mentais expressar vivências e conflitos e, assim, reorganizar seu mundo subjetivo; ao mesmo tempo, ela acreditava que os materiais produzidos pelos artistas-pacientes podiam fornecer elementos reveladores para o estudo da esquizofrenia e do inconsciente”, escreveu o poeta e crítico de arte Ferreira Goulart, que gravou um depoimento sobre o valor artístico das produções, exibido em vídeo na peça. Ao longo da montagem, são projetadas imagens dos quadros de sete pacientes da psiquiatra, que ela chamava de “camafeus”.

Nise da Silveira – Senhora das imagens. Teatro Eva Herz – Conjunto Nacional. Avenida Paulista, 2073, Bela Vista, São Paulo. Informações: (11) 3170-4059. Quintas e sextas, às 21h. R$ 50. Até 27 de julho.