Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Quebra-cabeça da memória

maio de 2008
Reprodução
O conto do amor. Contardo Calligaris. Companhia das Letras, 2008, 136 págs., R$ 34,00.
Em seu primeiro romance, o psicanalista Contardo Calligaris monta um sutil quebra-cabeça para recuperar a história do pai do narrador Carlo Antonini, por meio de cartas, páginas de diário, consulta a arquivos, contato com pessoas que conviveram com o personagem e viagens a cidades como Milão, Florença, Siena e Paris, além de Monte Oliveto Maggiore. Nesta última, Antonini procura imagens do pintor maneirista Giovanni Antonio Bazzi (1477-1549), conhecido como Sodoma, de quem seu pai confessara ter sido assistente em outra encarnação. A revelação surpreendente é feita pouco antes da morte do pai de Antonini, em conversa que ambos haviam adiado por toda a vida.

Essa busca ao passado do pai, empreendida 12 anos depois de sua morte como uma espécie de mimetização do processo de análise, revela-se uma trajetória de autoconhecimento do protagonista, psicanalista como o autor. A alternância de vozes – do presente e do passado – estabelece uma trama ao mesmo tempo complexa e delicada, em que a figura do pai remete ao questionamento sobre a identidade do narrador, entre episódios de guerra, da resistência antifascista, e paixões que podem mudar o rumo da existência.