Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Sensação de saciedade é reduzida por distrações na refeição

Percepção do sabor também se torna menos intensa ao desviarmos a atenção para televisão ou celular

abril de 2014
Picnasso/Shutterstock
Comer assistindo TV, conferindo mensagens no celular ou fazendo outras coisas que desviam a atenção do alimento interfere em como o cérebro processa a saciedade, o que faz comer ainda mais, já mostraram vários estudos – 24 deles citados em uma revisão no American Journal of Clinical Nutrition. Ainda não se sabe ao certo quais os mecanismos por trás desse comportamento, mas outro trabalho, publicado no Psychological Science, sugere que ocupar a mente com outras tarefas afeta particularmente a percepção do sabor, o que faz o cérebro precisar de mais comida para se sentir satisfeito.  

Em uma série de quatro experimentos, pesquisadores pediram que os voluntários tentassem memorizar números de um ou sete dígitos, de maneira a simular engajamento cognitivo leve ou mais intenso. Enquanto faziam as tarefas, comeram petiscos salgados, doces e amargos. Em todos os testes, participantes que tiveram de mentalizar números maiores consideraram os sabores menos fortes em comparação com quem devia lembrar apenas um dígito – e também comeram bem mais doces e salgados. Segundos os autores, a sobrecarga cognitiva compete com as informações sensoriais pela nossa atenção. Outros estudos, por outro lado, já mostraram que basta concentrar-se na comida de outra pessoa – degustando mentalmente seu sabor, textura e aroma –, para comer menos.

Leia mais: 

Pequenos rituais deixam a comida mais saborosa

Até mesmo os mais simples "protocolos" antes de comer estimulam a percepção

Estudo analisa relação entre prazer e culpa na alimentação

Participantes sentiram mais prazer ao comer alimentos que não deveriam