Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Sobre cores e estereótipos de gênero

Série fotográfica aborda uma interessante reflexão sobre como preconceitos são moldados desde cedo e afetam autoestima das meninas

setembro de 2015
©JEONGMEE YOON/ FOTO DA SÉRIE PINK AND BLUE PROJECT

Aos 5 anos, a filha da artista sul-coreana JeongMee Yoon começou a rejeitar roupas e brinquedos que não fossem cor-de-rosa. O comportamento da menina inspirou-a a fotografar crianças americanas e da Coreia do Sul com seus brinquedos. O resultado é o Projeto Rosa e Azul, sobre os efeitos do marketing na construção do imaginário que relaciona cores e gêneros.

De acordo com JeongMee, as preferências de meninas e meninos são moldadas desde cedo pela propaganda, que obviamente influencia também os pais. Não raro, aponta a artista, brinquedos com temas de ciência, como robôs, são fabricados em tons azuis – essa percepção afeta a autoestima das meninas e pode refletir em suas futuras escolhas profissionais. A série completa pode ser vista no site da artista: www.jeongmeeyoon.com.

Esta matéria foi publicada originalmente na edição de setembro de Mente e Cérebro, disponível na Loja Segmento: http://bit.ly/1Xgizxu

Leia mais:

Sobre a dor e a delícia de ser o que é
Documentário dirigido por Miriam Chnaiderman revela os indivíduos
por trás dos rótulos de transexual e transgênero

Crianças transgênero se apropriam da identidade na mesma época em que as cisgênero
“Elas não estão confusas ou atrasadas. Comportam-se exatamente
como esperado de acordo com a idade”, conclui estudo