Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Somos mais racionais em idioma estrangeiro

Voluntários de estudo foram mais analíticos ao responder em outra língua


março de 2013
Phase4Photography/Shutterstock
Pensar em uma segunda língua pode ajudar a aguçar a razão e a controlar a emoção na hora de tomar decisões que envolvem dinheiro. Pelo menos é o que afirma um estudo da Universidade de Chicago – o idioma estrangeiro sugere um distanciamento que ajuda a pesar perdas e ganhos com mais eficiência. Em um dos experimentos, os pesquisadores reuniram voluntários britânicos que frequentavam aulas de japonês e voluntários que tinham outras línguas nativas mas também estudavam outro idioma. Pediram que tomassem pequenas decisões, algumas mais impessoais – por exemplo, sobre qual tipo de vacina administrar a uma população –, outras mais pessoais.

Segundo os autores relataram no Psychological Science, participantes que responderam a perguntas em língua estrangeira se revelaram mais analíticos, sistemáticos e menos emotivos. “Isso pode favorecer decisões mais lógicas, como as financeiras”, diz um dos autores, o psicólogo Boaz Keysar. Ele mesmo alerta, porém, que os resultados não valem para os tipos de escolha em que levar em conta a emoção é crucial, como as amorosas

Leia mais:

Para aprender outro idioma

O cérebro se transforma quando aprendemos