Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Tática do “só um pouquinho” é ineficaz para dieta

outubro de 2008
©RENO12/DREAMSTIME
Embalagens ou porções pequenas são vistas como “prazeres inofensivos”
Todo mundo sabe que o excesso de peso é um problema mundial, até a indústria de alimentos, que ultimamente vem lançando seus produtos em pacotes menores, para “ajudar” consumidores a não se exceder. Faz sentido – mas não funciona. Pelo menos é o que mostra estudo desenvolvido por psicólogos portugueses e holandeses. Eles notaram que as embalagens menores de guloseimas costumam ser vistas como “prazeres inofensivos” e, portanto, consumidos com menos resistência. Já os pacotes maiores fazem as pessoas pensar duas vezes diante da tentação e frear seus impulsos de forma mais bem-sucedida.

Publicado no Journal of Consumer Research, o estudo acompanhou voluntários durante a exibição de um seriado intercalado com comerciais. Eles acreditavam que estavam ali para avaliar os comerciais, mas os pesquisadores estavam de olho mesmo no consumo de batata chips, oferecida em pacotes grandes e pequenos. Os resultados mostraram claramente que os participantes avançaram mais – e com maior velocidade – nas pequenas porções. Já pacotes maiores inspiravam cautela e o resultado era o menor consumo.