Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Tratamento combate depressão causada por fibromialgia

outubro de 2008
©BPLUCINSKI/SHUTTERSTOCK
Dores difusas e persistentes, distúrbios de sono, cansaço, depressão, ansiedade e problemas gastrointestinais. Esses são os principais sintomas da fibromialgia, que segundo pesquisa da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), praticamente ninguém conhece. O estudo foi realizado no município de Embu das Artes, região metropolitana de São Paulo, abrangendo nove unidades básicas de saúde e mais de 700 pessoas.
Exames físicos revelaram que 4,4% da população já tinha fibromialgia, outros 20% apresentava forte tendência de desenvolver o problema e ninguém tinha conhecimento sobre o que é e como tratar o distúrbio. A fisioterapeuta e autora da pesquisa, Cristina Capela, explica que muitas vezes essas pessoas vêem seu quadro se agravar por falta de informação, o que leva a baixa qualidade de vida devido às dores e a um quadro depressivo que geralmente é tratado com medicamentos.

Segundo Capela, os pacientes (em sua maioria mulheres) costumam ser tratados de forma segmentada: pelo ortopedista por causa da dor muscular, pelo psiquiatria por causa da depressão, e assim por diante. O ideal é que um reumatologista identifique o quadro global e encaminhe para os tratamentos mais adequados. Embora não se conheçam as causas da fibromialgia, é possível combater os sintomas com exercícios aeróbicos, alongamento, acupuntura, hidroterapia, entre outros recursos.