Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

Um jeito de pedir ajuda

Ato de chorar traz benefícios emocionais e pode fortalecer as relações interpessoais

dezembro de 2016
SHUTTERSTOCK

Sintoma de dor física e estresse, o choro também tem seu lado positivo. Quem já se sentiu aliviado após permitir que as lágrimas rolassem pelo rosto sabe disso. Agora, evidências coletadas pelo psicólogo evolucionista Oren Hasson, da Universidade de Tel Aviv, em Israel, durante pesquisa feita para sua tese de doutorado, mostram cientificamente que o ato de chorar traz benefícios emocionais e pode fortalecer as relações interpessoais. 

“O choro é um comportamento exclusivamente humano e altamente evoluído”, salienta Hasson, autor do artigo publicado na revista Evolutionary Psychology. “Minha análise sugere que as lágrimas servem para baixar as defesas, demonstrar submissão e pedir ajuda em momentos estratégicos, bem como para demonstrar afeto, o que favorece a coesão do grupo”, afirma. Ou seja, é muito possível que, ao longo da evolução, nossos antepassados que se permitiam chorar tenham obtido vantagens como abrigo, proteção e, em última instância, mais possibilidades de sobrevivência.  

O pesquisador investigou o uso das lágrimas em diversas circunstâncias sociais, que envolviam emoções como alegria, tristeza, luto etc. Ele observou que, de forma geral, o choro foi usado (muitas vezes de forma não planejada e até inconsciente) para despertar a compaixão de adversários, bem como empatia (para obter assistência estratégica, na maioria das vezes) em pessoas que não faziam parte do grupo opositor. 

Esta matéria foi publicada originalmente na edição de dezembro de Mente e Cérebro, disponível na Loja Segmento: http://bit.ly/2guA4d3 

Leia mais:

Um banco de lágrimas
Empenhado em entender os mecanismos cerebrais e psíquicos vinculados ao choro, cientista trabalha na criação de um acervo de gotas congeladas

Por que choramos de felicidade
Este tipo de reação é um recurso do cérebro para controlar emoções excessivas