Mente Cérebro
Clique e assine Mente Cérebro
Notícias

USP anuncia início da construção do Museu da Tolerância

Espaço será criado para estudar, discutir e denunciar discriminações políticas, religiosas, culturais e sociais

novembro de 2010
divulgação
A ideia de construir o Museu da Tolerância dentro da Universidade de São Paulo (USP) começou em 2004, quando Adolfo José Melphi, o então reitor da instituição, concedeu permissão de uso de um terreno para abrigar o prédio. Seis anos depois, a universidade anunciou que o projeto será construído próximo à Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) e que as obras serão iniciadas em um ano. O museu estará ligado ao Laboratório de Estudos sobre a Intolerância (LEI) da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas e seguirá um conceito diferente dos museus tradicionais.


O principal objetivo dos idealizadores do projeto é criar espaço para estudar, discutir e denunciar intolerâncias políticas, religiosas, culturais e sociais. Para tanto, haverá seções temáticas sobre índios, africanos e judeus, minorias tradicionalmente vítimas de intolerância. Segundo o projeto, o museu terá duas bibliotecas: uma com acervo documental, testemunhos, arquivos e fotos e outra dedicada à literatura infanto-juvenil. Abrigará também cinemateca, auditório, galerias para exposições, salas de multimídia, laboratórios de restauração e conservação e espaços de convivência.