Dicas do Dia
Informações sobre saúde, bem-estar e qualidade de vida

Muitas pessoas estão com baixa autoestima, saiba por quê



Da Redação

Roteiro para elevar sua autoestima - clique aqui

A autoestima pode mesmo influenciar e comprometer todas as áreas da vida, pois quando não temos consciência de nosso valor ficamos sempre na dependência de como os outros nos tratam. Para diminuir as conseqüências da baixa autoestima, saiba identificar os sintomas, causas e o que fazer para elevar sua autoestima.

Sintomas da baixa autoestima:

- necessidade de: aprovação, reconhecimento, agradar
- dependência
- não acredita em si mesmo: insegurança/timidez
- não se permite errar, perfeccionista
- sentimento de não ser capaz de realizar nada
- não acredita em nada, em ninguém, porque na verdade, não acredita em si mesmo
- dúvidas constantes, duvida de seu próprio valor
- depressão
- ansiedade
- inveja
- medo
- raiva
- agressividade
- comodismo
- dificuldade em crescer profissionalmente
- sentimento de inferioridade

Causas da baixa autoestima:

- autocríticas
- críticas
- culpa
- abandono
- rejeição
- maus-tratos
- abuso físico, sexual e emocional
- carência
- comparações
- frustração
- vergonha
- cobranças
- inveja
- insegurança timidez
- medo
- humilhação
- raiva
e principalmente:
- perdas e
- dependência (financeira e emocional)

Roteiro para você elevar sua autoestima

Seja positivo

Evite todo e qualquer pensamento negativo, cada vez que identificar um pensamento negativo substitua imediatamente por um positivo. Somente uma postura positiva e otimista é capaz de trazer bem-estar físico e mental.

Enfrente suas sombras

Reconheça seu lado ruim, negativo e faça uma análise do que deseja mudar em você e na sua vida e procure melhorar. Comece mudando sua maneira de se tratar, sendo mais amoroso com você como seria com alguém que ama.

Evite comparações

Ficar se comparando com quem quer que seja não o fará se sentir melhor, pois as pessoas são diferentes, possuem necessidades, desejos e históricos de vidas diferentes.

Reconheça seu valor

Perceba que seu valor enquanto pessoa não pode e nem deve ser baseado na maneira como foi tratado, ainda que isso tenha durado toda sua vida. Não permita mais ser desrespeitado ou maltratado, seja por quem for.

Não espere que os outros mudem para ser mais feliz

A mais importante mudança é aquela que acontece dentro de você!

Enfrente o medo

É importante lidar e enfrentar o medo que as pessoas ou situações provocam e compreender que a percepção de si mesmo está baseada na conseqüência de fatos que já passaram. Você não pode mudar seu passado, mas pode mudar seu presente.

Evite relacionamentos negativos e/ou pessoas críticas

Receber críticas negativas é pior do que não receber qualquer atenção. Se você convive com alguém que sempre te faz se sentir sem valor algum, afaste-se dessa pessoa.

Identifique suas necessidades

O que você espera receber dos outros pode ser aquilo que não recebeu quando criança de seus pais. Não espere receber dos outros o que só você mesmo pode se dar. Seja responsável por suas próprias necessidades.

Aprenda com os erros

Aprenda com os erros e com a experiência passada, mas não fique se punindo por ter errado, nem lamentando e muito menos se acomode nas situações. Mude o que deseja!

Valorize sempre suas conquistas e celebre cada uma delas!

Pare de supervalorizar o que o outro tem ou faz e desvalorizar as próprias conquistas.

Invista em você

- Faça uma lista de coisas boas que pode fazer por você! E faça todo dia uma delas. Pode ser coisas simples como dançar, ler, descansar, ouvir música, caminhar.
- Quando possível, tenha contato com a natureza, ande descalça na terra ou na areia para repor as energias.
- Escreva um diário e desabafe tudo nas páginas em branco. Isso ajuda a organizar a mente.

Aprenda a aceitar elogios! E também se faça muitos!

Busque seus sonhos!

Pense onde os deixou e vá em busca deles. A cada vitória sua autoconfiança cresce e se fortalece.

Respeite seus limites

Aprenda a dizer não sem culpas!

Não queira mudar as pessoas, mas você pode mudar sua reação diante do que te fazem

“As situações não são nada, nossa atitude diante delas é tudo.”

Seja flexível!

A rigidez é boa na pedra, não no homem, a ele cabe firmeza, o que é muito diferente.

Respeite sempre seus sentimentos

Seja coerente entre o que pensa, sente e age.

Se não está contente com seu corpo

Mude alguns hábitos, pois se fizer tudo como sempre fez obterá os mesmos resultados.

Identifique suas qualidades e não só os defeitos. Pare de se criticar!

Não se culpe

Não julgue situações passadas com valores do presente. Perdoe-se!

Ouça a intuição, pois aumenta a autoconfiança.

Mantenha o diálogo interno, ou seja, converse muito consigo mesmo(a).

Acredite que merece ser amado(a) e é especial.

Ame-se muito!

Faça psicoterapia

O autoconhecimento obtido através do processo da psicoterapia poderá fazer com que reconheça seus reais valores e liberte-se do complexo de inferioridade que acorrenta e aprisiona.

Acredite acima de tudo em você, isso faz toda a diferença!

Comece tudo isso hoje!

Fonte: Rosemeire Zago (psicóloga junguiana)

Atenção!
As respostas do profissional desta coluna não substituem uma consulta ou acompanhamento de um profissional de psicologia e não cacracterizam-se como sendo um atendimento.

Artigos relacionados - clique no título

>>> Será que meu filho está sendo alvo de bullying?

>>> Tolerar seus erros reforça a autoestima

>>> "Os tipos de medo vão mudando à medida que o ser humano cresce"

>>> Conheça a verdadeira e plena autoestima




para ler artigos anteriores
 
Clique aqui para falar com Vya Estelar
para a página principal