Beleza
Dicas para ter uma boa aparência de forma saudável

Vitamina C protege a pele de radicais livres

por Sonia Corazza

Sabemos que é fundamental proteger a pele da formação dos radicais livres, substâncias que causam envelhecimento precoce da pele. Uma bela opção em ingrediente ativo para esta finalidade é a vitamina C. Na alimentação ela está disponível em frutas cítricas, tomate, verduras frescas e cruas.

Em cosméticos a vitamina C exerce uma ação anti-oxidante sobre a pele, protegendo-a do envelhecimento acelerado e estimulando a formação de colágeno - que recheia a pele, dando o conteúdo interno, é como o recheio do colchão, dá o volume ao rosto - e favorecendo o clareamento de manchas.

Como a vitamina C é muito instável, a indústria de matérias-primas desenvolveu formas estáveis e bem mais ativas dessa substância. Saiba o que procurar nas fórmulas, nos rótulos de seu cosmético vitaminado:

Para a pele

Mais efetivas que o ácido ascórbico(a Vitamina C pura), são seus derivados e misturas de complexos, pois potencializam seus efeitos e agregam outros benefícios.

A vitamina C oleosa, Ascorbil tetraisopalmitato, é muito interessante, pois além do efeito clareador da pele, promove síntese de colágeno (clique aqui) e efeito anti-radicais livres, ajudando também na ação anti-acne.

A mistura do ácido ascórbico com uma planta canadense, Rumex Occidentalis, tem ação despigmentante, com grande efeito inibitório da enzima tirosinase. Esta inibição reduz a formação de pigmentos cutâneos, permitindo controlar a tonalidade da pele.

Cor da pele uniforme

O complexo formado por fosfato de ascorbil magnésio, que é um derivado da vitamina C estável, somado ao extrato de uva-ursi não apenas inibe o progresso do escurecimento da pele, como também reduz efetivamente a pigmentação existente, deixa uniforme a tonalidade da pele.

Para o cabelo

Os derivados de vitamina C no cabelo agem de três formas distintas: como antioxidante (ascorbato de cálcio e ascorbato de magnésio), evitando a rancificação dos lipídeos naturais que protegem o fio, e também como favorecedor da homogeneidade e densidade do fio (principalmente o fosfato de ascorbil magnésio).

Melhoram ainda o brilho do cabelo, devido a ação micro-esfoliante suave da cutícula, deixando a superfície do fio mais homogênea e refletiva da luz. Além disso, diminuem a porosidade da fibra capilar, contribuindo para maior resistência à quebra e formação de pontas duplas.

Artigos relacionados - clique no título

Vitamina C não serve só para prevenir resfriados

Alimentos que fortalecem o sistema imunológico

Frutas podem substituir cosméticos?

Alimentação saudável é o melhor remédio

 

Colunas relacionadas:
Vida SaudávelCorpoMedicina Complementar Psicologia do Esporte
para ler artigos anteriores
este artigo para um amigo
Sonia Corazza
é engenheira química especializada em cosmetologia
>> Mais informações >>
Clique Aqui
e compre o livro
"Mais jovem a cada dia" de
Sonia Corazza
para a página principal