Cyber Vida Sexual
Seção dedicada a responder e-mails relacionados à sexualidade

Bom sexo pode causar desejo insaciável?

por Sandra Vasques

Quando o sexo é bom, é sempre bom repetir. Mas seria normal isso ter um efeito oposto e não saciar o desejo e sim fomentá-lo sempre? É normal uma mulher ser muito fogosa na cama, quanto mais faz, mais quer?

Resposta: É normal para uma parte das mulheres, ser fogosa na cama e querer fazer sexo várias vezes seguidas. No entanto, também é normal que outras mulheres tenham uma única relação sexual e achem que basta. Se estes dois tipos de mulheres conseguem se envolver, se divertir e se sentirem satisfeitas, podem, mesmo sendo diferentes, serem consideradas “boas de cama”.

Não é a quantidade que determina se o sexo é bom ou não. Aliás, é importante destacar que a necessidade de ter várias transas num mesmo período, pode significar que uma mulher talvez não esteja conseguindo chegar realmente ao orgasmo. Ela se excita muito, alcança uma grande tensão prazerosa, mas não consegue relaxar, ou só relaxa parcialmente, ou seja, não consegue de fato ter um orgasmo.

Desejo sexual hiperativo

Quanto a ter desejo de mais sexo, depois de uma transa anterior muito boa, também pode ser normal, se além do sexo existe espaço na vida para ter prazer com outras atividades. Afinal, se temos uma lembrança muito boa de algo, como você mesma disse em sua pergunta, queremos repetir. Mas, se a questão é outra, a mulher só pensa em sexo, tornar-se escrava do desejo, está restringindo sua vida e provavelmente está enfrentando um problema psicológico chamado desejo sexual hiperativo.

Nesta condição, a pessoa não consegue controlar seus impulsos, tem necessidade de fazer sexo constantemente e não se satisfaz. O que as move, não é a busca de prazer, mas a busca de se livrar de uma angústia, de uma pressão interna que as empurra em direção ao ato sexual. É como se elas tivessem aprendido a se tranquilizar usando o sexo. É uma compulsão, um vício, como se fosse uma droga. Mas neste caso, as pessoas acabam sofrendo muito, pois perdem o controle de si, sua vida social e afetiva é comprometida por suas ações incontroladas e inclusive sua saúde, com o risco de doenças sexualmente transmissíveis.

Se isso estiver acontecendo é sinal de que, aí sim, algo está errado e é necessário recorrer ao apoio psiquiátrico e psicológico para recuperar a qualidade de vida. Mas é importante reforçar que pode ser bem normal que uma mulher goste muito de fazer sexo e queira transar com frequência. O preconceito já fez com que as mulheres que gostam de sexo sofressem muita discriminação e inclusive, em outros tempos, fossem submetidas a tratamentos completamente inadequados, como a retirada do clitóris. Então, temos que ter muito cuidado ao avaliar o que significa o aumento do desejo. Uma boa medida é perceber se a mulher está feliz com seu jeito de ser, cuidando bem de si, das suas coisas e convivendo de um jeito bom com as pessoas ao seu redor. Se está assim, de bem com a vida, que viva o sexo do jeito que achar melhor e mais gostoso.

Artigos relacionados - clique no título

>>> É possível conciliar ritmos sexuais diferentes?

>>> Queixas sexuais devem se feitas na hora da transa ou em outro horário?

>>> Troca de casais: será que vale a pena?

>>> Namoro e sexo: É normal fantasiar e desejar sexo com uma terceira pessoa na cama?



Atenção!
As respostas do profissional desta coluna não substituem uma consulta ou acompanhamento de um profissional de psicologia e não se caracterizam como sendo um atendimento

Colunas relacionadas:
SexoCyber Vida a DoisLuiz Alberto PyAmor
para ler as respostas anteriores
este artigo para um amigo
Sandra Vasques
é psicóloga especializada em sexualidade
>> Mais informações >>
Clique aqui para falar com Sandra Vasques
para a página principal