Cyber Vida Sexual
Seção dedicada a responder e-mails relacionados à sexualidade

Perco ereção na hora de colocar a camisinha

por Marcelo Toniette

Resposta: Antes de mais nada quero parabenizá-lo pelo fato de você buscar informação sobre essa questão tão importante que é o preservativo – também conhecido como “camisinha”. Nunca é demais lembrar, o uso do preservativo é um método de barreira que proporciona o sexo protegido. Além de evitar uma gravidez não planejada, o preservativo previne a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis – DSTs –, inclusive o vírus do HIV/AIDS.

Você sabia que muitos homens queixam-se de ter problema com a ereção ao utilizar o preservativo? Dentre os motivos está a falta de familiaridade com o uso desse recurso. Essa falta de familiaridade com o preservativo acaba por gerar algum tipo de embaraço na hora da relação sexual. Muitos casais optam por não utilizá-lo, colocando-se em situação de risco.

O que acontece com você é algo comum, mas o importante é saber que existe possibilidade de melhorar essa situação. Somente se pode melhorar algo se compreendermos algo, certo? Nada melhor do que compreender como acontece a resposta sexual para identificar a dificuldade. A resposta sexual é composta por três fases: desejo, excitação e orgasmo.

Todos nós temos desejo, que é entendido como um impulso que direcionamos para determinadas ações. O fato de você ler essa resposta já é uma forma que você canaliza o seu desejo. O cuidar do próprio corpo, fazer alguma atividade que você goste, são exemplos, dentre vários, de como você direciona o seu desejo e encontra satisfação. O desejo é revestido de caráter sexual quando é direcionado para perceber estímulos eróticos que, por sua vez, levarão o organismo a reagir na forma de excitação.

Estímulo erótico

Existe uma forma ideal de estímulo erótico? Não. Cada pessoa tem uma forma própria para sentir-se estimulada. O que funciona como estímulo erótico para uma pessoa, não necessariamente funciona para outra. Cabe a cada pessoa identificar as formas que aprecia ser estimulada. O estímulo erótico será percebido pelos cinco sentidos: visão, audição, tato, paladar, e olfato. O organismo associa essa percepção de estímulos com experiências anteriores criando condições para um estado de excitação. As carícias preliminares são formas de estímulos que levam à excitação. Quanto mais excitação, maiores as chances de se alcançar o orgasmo.

Preservativo

Para muitos homens não familiarizados com o uso do preservativo, pode acontecer de existir uma “quebra” no ritmo da excitação. Isso até certo ponto é verdade.

Como dito anteriormente, para o organismo excitar-se é necessário estímulo. A parada para colocar o preservativo pode diminuir a estimulação se o casal não tiver familiaridade em integrar o preservativo ao jogo erótico.

O preservativo quando integrado ao jogo erótico, não oferece nenhuma “quebra” na excitação, sendo que em muitas vezes, pode ser até um aliado para que o casal sinta-se ainda mais excitado.

Desse modo, não é necessário ter uma parada brusca para a colocação do preservativo, pois existe a possibilidade de o casal incorporar o preservativo ao jogo erótico.

Quanto à perda parcial ou total da ereção, cabe ressaltar que o preservativo por si só não atrapalha a relação sexual. Como dito acima, parar bruscamente por qualquer motivo acarreta a redução da excitação.

Por outro lado, quando acontece a perda parcial ou total da ereção, se o homem mantiver-se relaxado e receptivo aos estímulos eróticos do encontro sexual, ele poderá recuperar não só a ereção, mas todo o ritmo de excitação.

Manter o bom-humor e a disponibilidade para o encontro sexual é fundamental. Sexo é um momento de diversão e de compartilhar prazer.

Caso você fique desconfortável com a idéia de ter relações sexuais com o preservativo, sugiro que faça um treino masturbando-se com o preservativo a fim de que você se familiarize com a idéia.

O uso de gel lubrificante à base de água é indicado. Aliás, com preservativo somente deve ser utilizado lubrificante à base de água – que pode ser encontrado nas farmácias, ao lado dos preservativos. Nunca use outros lubrificantes no preservativo, a exemplo de manteiga, vaselina, óleo, creme hidratante, entre outros, pois esses materiais podem romper o látex do preservativo.

Finalizando, aquela boa conversa do casal é uma ajuda importante para encontrarem a forma mais confortável para ambos de compartilhar os bons momentos juntos. Aos poucos, você verá que o preservativo vai sendo integrado ao jogo sexual, tornando-se até um um estímulo a mais para o seu prazer.

Mitos em relação ao pênis - clique aqui e leia

Atenção!
As respostas do profissional desta coluna não substituem uma consulta ou acompanhamento de um profissional de psicologia e não se caracterizam como sendo um atendimento


Colunas relacionadas:
SexoCyber Vida a DoisLuiz Alberto PyAmor
para ler as respostas
este artigo para um amigo
Marcelo Toniette
é psicólogo e psicoterapeuta sexual
>> Mais informações >>
Clique aqui para falar com Marcelo Toniette
para a página principal