Céu da semana
Perfil astrológico dos sete dias da semana

Semana de 19 a 25 de outubro
por Milene Schmitt Batista


Escorpião signo de elemento água: emoções se destacam de forma profunda

Destaque da Semana

O Sol ingressa em Escorpião no dia 23.10 e parte dele ficará encoberto em um eclipse parcial que não será visível no Brasil. Início da Lunação (Lua e Sol no mesmo signo - Escorpião), mais o planeta Vênus que também muda de Libra para Escorpião, junto da Lua e do Sol. Escorpião signo de elemento água, onde as emoções se destacam de forma profunda, intensa dando o tom nesse ciclo. A Lua que representa a memória, o passado, o lar, o inconsciente fica em evidência, pois o Sol que simboliza a clareza, a energia, o presente (consciente) será ocultado por algumas horas.

Escorpião já traz em si esse mistério como a capacidade e desejo de decifrar, investigar o que passa lá dentro, o que é secreto, escondido. As emoções ganham corpo e volume e o olhar se volta para dentro. Paixão, desejo, sexualidade, ciúme, raiva, amargura, posse, controle, traição e a necessidade de transformar, purificar e curar durante esse período. Valores equivocados, distorcidos que não têm correspondência interna ou sentido. Poder para lidar com tudo isso. Poder? Pessoal, sim! Empoderamento. Em Libra equi-libra, em Escorpião autocontrole.

Mercúrio no dia 25.10 retoma o movimento direto em Libra. No dia 08.11 adentra Escorpião. Em aspecto com Júpiter a semana toda facilitando a comunicação com entusiasmo, habilidade e foco. Durante o final de semana certa impaciência e impulsividade, ajustáveis justamente pelo aspecto com Júpiter propiciando a troca e soluções, ao invés de querer escolher, resolver e fazer sozinho sem consultar o outro(s).

No dia 26.10, é Marte que ingressa em Capricórnio. A ação veemente, expansiva agora fica concentrada, estratégica e sem exagero. Voltada à praticidade, resultado que surge através da disciplina e de cumprir etapas. Economia de energia e tempo para colocar em execução os anseios, quereres, vontades e impulso enorme surgido durante o período que Marte esteve em Sagitário, em trígono com Júpiter e Urano. Agora precisa de base firme e apoio.

Vênus ingressa em Escorpião no dia 23.10, permanecendo até 16.11, junto do Sol até início de novembro. Relacionamentos que solicitam intimidade, da porta do quarto para dentro, sensualidade e sexualidade. Movidos pelo instinto, desejo. Paixão à primeira vista, atração irresistível, sensação de encontro marcado, predestinado. Aqui o cuidado é se entregar sem perceber se é recíproco, tamanha a intensidade, e por outro lado ser apenas desejo, mesmo que intenso. Depois querer exigir do outro na mesma moeda, por sentir-se traído (a). Manipulação através de sedução, jogos, armadilhas para prender, teias para enredar e justamente cair nela. É início de ciclo, fase nova, junto de um eclipse. Nada como aguardar alguns dias quando a Lua já estiver bem delineada no céu, visível com as emoções ganhando os primeiros contornos claros.

Júpiter ganhando distância de Urano e Saturno aproximado, cortando o entusiasmo, dando a sensação de fogo de palha, exigindo maior esforço para o que parecia ser mais rápido, testando a resistência e a determinação. De pano de fundo a quadratura Urano e Plutão trazendo quebras, rupturas em situações-limite, que não se seguram mais, estruturas profundamente desgastadas, desatualizadas, nas diversas esferas e níveis. Mudanças externas, na política, sociedade, no mundo forçando a alterar hábitos, como a questão da água e da ecologia como um todo exigindo modificações cruciais e urgentes.

Domingo - 19 de Outubro

Lua em Virgem em aspecto com Netuno deixando o dia correr mais frouxo. Difícil ter uma ordem, seguir regras, querer impor a si e aos outros. Criticar? Que coisa cansativa e chata. A fase é minguante e é muito mais proveitoso colocar a cabeça em coisas úteis e produtivas. Sem se criticar também. Arrumar as gavetas, os pertences, objetos, as contas, a casa... O ciclo ainda é em Libra e que tal relaxar o corpo, cuidar dele com beleza, molhar as plantas e as flores, tirar a sujeira, o matinho delas... Depois a Lua encontra Plutão pronto para ver o que brotou, vingou neste ciclo e o que precisa ganhar sustentação e poder na próxima etapa em Escorpião, e o que já pode ser eliminado.

Segunda-feira - 20 de Outubro

As coisas em dia, aparadas, organizadas com a Lua em Virgem que encontra Saturno e além do dia render, o que foi planejado ontem, hoje se reafirma e a facilidade para deixar ir o que foi trabalhoso e causou dificuldades nesse período. Durante a tarde a Lua em quadratura com Marte pode inflamar as emoções, e o que está em curso parecer pequeno, tímido, sem ambição. A fagulha é boa, traz abertura e ousadia, mas dentro da medida (Libra), sem ganhar em ansiedade e nervosismo, perdendo de vista o alvo e a direção, por achar que "deveria" ser grandioso. A Lua é minguante, e o bálsamo, a cura se dá em seguir adiante com as flechas do bom senso.

Terça-feira - 21 de Outubro

Início da manhã a Lua em Libra segue sem contato boa parte do dia, apreciando a harmonia, o respeito e o equilíbrio conquistado em alguns relacionamentos, parcerias, outros que precisam de novos acordos e negociações, e também os que ficaram distantes, somente no nível social para que se mantenha a convivência de forma amistosa, prazerosa e cordial. Da tarde pra frente, Lua e Plutão intensificam o contato colocando o que é justo, ético e o que realmente é importante, tem propósito de ser, para não ter hesitação ou dúvida. A aparência é de rudeza, mas só na aparência por ser quadratura. Um precioso lembrete: a fase é minguante e nela há um bálsamo contido que Libra é professor em diplomacia, e tem todos os tons em sua cartela, sabendo combinar, o que seria improvável.

Quarta-feira - 22 de Outubro

Alívio depois da pesagem feita e o dia chega dinâmico, novo em folha no contato com Urano, que pela energia e coragem empurra para algo diferente. Depois Marte, Mercúrio, Sol e Vênus seguem durante a madrugada trazendo a visão da beleza para o que foi vivido, diante do que foi exigido e adquirido nesse período e que servirá também para o período das eleições que solicitará mais ponderação, imparcialidade e respeito com o que é divergente e contrário.

Quinta-feira - 23 de Outubro

À noite, domínio de Escorpião, foi intensa pois de manhã o Sol já havia trocado de pele. Lua e Vênus seguem em Libra durante a tarde fazendo uma metamorfose, para no início da noite também ingressar no signo. Da leveza para a intensidade, dos tons suaves para o vermelho e o negro. De um coquetel sem álcool, para o tinto seco e encorpado. Da suavidade para a provocação.

Sexta-feira - 24 de Outubro

É com Plutão o primeiro contato da Lua, associado ao signo de Escorpião, já mostrando a potência e força para semear essa etapa de mudanças e renascimento. Sedução e magnetismo transpirando em cada poro. Sexta-feira, dia de Vênus.

Sábado - 25 de Outubro

Lua e Júpiter podem começar o sábado com discussões que predispõe a um desentendimento maior, magoando e ferindo o orgulho e autoestima, expondo as feridas sem cuidado, se o outro estiver aberto, disposto no clima para ouvir e compreender. Por pouco a perda de controle, movido à diferença de personalidade, que antes eram motivo de admiração, forma-se uma aresta. Gostos irreconciliáveis. Ciúme, exagero emocional e um drama que mais pode gerar desconforto e acentuar as diferenças. No encontro da Lua com Saturno à tarde, isso pode ficar evidente e a distância aumentar, por não ser o momento, além de responsabilizar o outro por todo o conflito, que pode ser uma insatisfação pessoal.

para falar com a astróloga Milene Schmitt Batista


Artigos relacionados - clique no título

>>> Astrologia: o que é e para quê?

>>> Astrologia e destino: De que forma o futuro é “escrito nas estrelas”?

 





Leia outras colunas interessantes aqui abaixo
Lua Fora de Curso Outro Lado Ser Integral Neoxamanismo

 
 
  Milene Schmitt Batista é astróloga
>> Mais informações>>
 
 
para a página principal