Céu da semana
Perfil astrológico dos sete dias da semana

Semana de 19 a 25 de abril
por Milene Schmitt Batista


Lunação em Áries: coragem, determinação e obstinação

Destaque da Semana

No dia 18.04 início da Lunação em Áries (Lua e Sol no mesmo signo) e o ano começa de fato com os dois luminares juntos no signo que inicia, é o primeiro do zodíaco. Desafios, provas, testes de todos os lados. Deixar ir, soltar fazendo todos os fechamentos e sínteses necessários para começar o ano realmente pronto e com a cabeça cheia de ideias, planos e projetos, mas para dar realmente a partida. Coragem, determinação e obstinação. Um trio da pesada.

O Sol ingressa em Touro no dia 20.04 permanecendo até o dia 21.05. Touro tem em si a qualidade de estabelecer, manter e ritmo para fazer as coisas. É como se o tempo esticasse, justamente por estabelecer prioridades e se concentrar em cada tarefa. A força da terra, da estabilidade que vem dela. O boi que come calmamente digerindo observando o que acontece, para depois tomar a decisão de forma prática a partir dos fatos e das necessidades. Como se diz popularmente: preto no branco. Lentidão oportuna que traz segurança e simplicidade para resolver, pois sabe onde está pisando. Mas o ciclo é em Áries, então arrojo e iniciativa não faltarão, mas com solidez, para que dure e tenha continuidade. Touro sendo o primeiro signo de terra tem os cinco sentidos apurados. O que estiver ligado a eles, estará realçado. Naturalmente associado a Vênus, o fazer junto do prazer. Em Áries se deu a conquista, o primeiro passo. Agora é saber o sabor. Degustar e desfrutar. Deleitar-se com a vida. Se é a compra de um bem, de uma casa, além do valor, do bom negócio e valorização, tem que trazer conforto e prazer. Conforto e prazer para Touro são quase sinônimos. Mas é vagaroso... Sim, mas constante e concreto.

Mercúrio em Touro no dia 19.04 se aproxima de Marte em Touro. Marte faz aspecto exato com Plutão no dia 21.04 e Mercúrio no dia 22.04. Fase do plantio na fase nova da Lua em que as sementes cheias de potência e força para brotar no momento certo e tempo oportuno. Duradouras e fartas. Importante o que for falado, pensado, conversado e negociado nesse período que é intenso até o dia 25. Palavras que ganham corpo, forma e ação que vai se materializando. Pode não efetivar no momento e nem na fase cheia de forma plena, mas em longo prazo, pois já tem um primeiro esboço e então ganhar forma viabilizar e colocar em prática, que pode ser de etapa em etapa.

A Vênus em contato exato com Netuno no dia 19.04 terminando no dia 22.04. As paqueras, os relacionamentos confusos pairando no ar. Alguns que não tinham a menor condição de seguir adiante, pois era apenas "tirar onda", de forma leviana e com isso vantagens. Escorregadio. Outros por incerteza de se definir ou mostrar interesse. A indefinição pode ser de ambos os lados já que o signo é Gêmeos (onde se encontra a Vênus) e Peixes (onde se encontra Netuno (Netuno). No dia 19.04 a sextilha com Júpiter mostrando a direção a ser tomada, e depois sextilha com Urano que além de entusiasmo, também o impulso de ir atrás, decidido(a). Os negócios depois do dia 22.04 ficam mais claros e a dúvida ou o medo de arriscar ficarão claros, e se a melhor solução é mudar o investimento e negociar, havendo o risco de prejuízo para não perder mais.

Urano e Plutão em movimento retrógrado começando a ficar mais distantes, aliviando parte da tensão que já vem desde 2010. A busca e necessidade de soluções em nível coletivo, de contribuir e cada vez mais ficando consciente da responsabilidade individual; a importância das ações e atitudes que podem minimizar efeitos como o uso da água e todas as questões que envolvem o cuidado com o planeta, causando menos impacto em todos os níveis. Nas relações em que é possível evitar disputas e confrontos por não aceitar que o outro pense, ou seja, diferente dos modelos e moldes existentes. Outra qualidade de Touro é a amorosidade (regido por Vênus) a calma, e tranquilidade por onde o Sol vai transitar até maio. E a Vênus em Gêmeos onde flexibilidade, versatilidade e leveza flertam e se revezam.

Domingo - 19 de Abril

Lua em Touro sextilha com Netuno, junto de Mercúrio e Marte em trígono com Plutão e quadrado a Júpiter. Sensação física de relaxamento, sem tensão. Como pisar na terra, na areia da praia e sentir o corpo todo encaixado e saudável. Escolha das primeiras sementes que tragam esse conforto, esse recarregar de energia para o ano todo e também para os momentos de vulnerabilidade. O que pode ser mudado em algum hábito de vida que já se tornou monótono pelo apego, comodidade ou certo "cartaz", mas não satisfaz.

Segunda-feira - 20 de Abril

A Lua continua em Touro até a noite. Dia que é possível trabalhar e produzir com tranquilidade, baixar a cabeça e fazer; isso com o Sol que ingressou em Touro pela manhã. Sem medo de trabalho, mas uma certa preguiça e morosidade para levantar, para dormir mais um tantinho, beijo que não dá pra esperar até a noite, mais uma xícara de café com biscoito, tomar banho, passar, creme, perfumar-se, escolher a roupa. Lembra dos cinco sentidos e do prazer no Destaque da Semana? À noite a Lua ingressa em Gêmeos.

Terça-feira - 21 de Abril

O dia começa mais ágil e comunicativo mesmo que seja feriado. O Sol em Touro e a Lua em Gêmeos quer movimento, comunicação. Pode ser aquele dia de ficar em casa fazendo mil coisas. Assobiar e chupar cana são coisas que Gêmeos tira de letra. Usar a paciência de Touro e a articulação de Gêmeos para dar andamento a coisas que são trabalhosas, burocráticas, requerendo atenção e disponibilidade e dar andamento a elas, organizá-las. Lua em oposição a Saturno. Depois a Lua faz aspecto com a Vênus e Júpiter sendo possível pedir dica a um conhecido, contato virtual, vizinho, primo ou irmão e resolver a quatro, cinco mãos... Com direito a almoço, lanche (Sol em Touro).

Quarta-feira - 22 de Abril

Pela manhã a Lua ainda em sextilha com Urano para começar o dia com energia. Depois segue boa parte do dia sem aspecto e o movimento e a comunicação podem ser direcionados para não dispersar a semana com o intervalo do feriado. Anotar e priorizar os assuntos, deixar em aberto, ou para resolver depois, prestando atenção em outra(s) coisa(s) que não tenham a ver com o assunto, quebrando o ritmo. Durante a madrugada a Lua ingressa em Câncer (elemento água) que molha a terra (Sol em Touro) para que as sementes possam brotar.

Quinta-feira - 23 de Abril

A sextilha da Lua com o Sol e fica muito claro o que se quer concretizar nesse ciclo, nesse ano e frutos que se multiplicam ao longo do tempo. Lua e Netuno em sextilha trazem a memória o que é essencial, e que talvez ainda esteja preso na garganta, não mais como um grito, mas como a voz firme, encaixada e constante.

Sexta-feira - 24 de Abril

Lembranças, sonhos incômodos e memórias que voltam a perturbar quando a Lua está em Câncer em aspecto com Urano e Plutão. O que prende, amarra não permitindo ir adiante. Passado que se apresenta constantemente interferindo diretamente no presente, sem estar delimitado e com isso a repetição do padrão de mágoa, ressentimento, revolta e dor. Aceitar o fato é algo que o tempo se encarrega de arrumar e também não mais se identificar, ou seja, ser o próprio sofrimento, mas que passou por ele. A oportunidade de viver experiências ricas e a enorme força que foi exigida e sedimentada por passar por coisas complexas é onde está contida a potência e capacidade de transformar em coisas significativas e únicas para a vida. Urano em Áries - energia (conquista de uma vida nova) e Plutão em Capricórnio - potência (tesouros ainda não explorados e descobertos dentro de si).

Sábado - 25 de abril

Durante a manhã a Lua ingressa no ensolarado signo de Leão e hoje inicia a fase crescente. O que é preciso e necessário para mudar e não ter mais como referência um padrão de dor, esperar constantemente pelo sofrimento ou por desfechos desagradáveis? A Lua faz trígono com Saturno em Sagitário que pode ir direto ao alvo de crenças limitantes, que foram aprendidas e sem qualquer questionamento desde conceitos culturais e religiosos, dogmas, normas, condicionamentos passados de geração a geração, princípios e valores que contrariam o que é espontâneo, legítimo e genuíno. Honrar o próprio coração.

para falar com a astróloga Milene Schmitt Batista


Artigos relacionados - clique no título

>>> Astrologia: o que é e para quê?

>>> Astrologia e destino: De que forma o futuro é “escrito nas estrelas”?

 





Leia outras colunas interessantes aqui abaixo
Lua Fora de Curso Outro Lado Ser Integral Neoxamanismo

 
 
  Milene Schmitt Batista é astróloga
>> Mais informações>>
 
 
para a página principal