Céu da semana
Perfil astrológico dos sete dias da semana

Semana de 25 a 31 de janeiro
por Milene Schmitt Batista


Fase crescente: profusão de ideias e impulso positivo

Destaque da Semana

No início do ciclo no signo de Aquário, o Sol e Mercúrio em movimento retrógrado se unem do dia 27.01 ao dia 01.01, na sextilha com Saturno até 23.02, mais o início da fase crescente no dia 27.01. Para incrementar o final do plantio depois dos primeiros brotos quase prematuros pelo vigo à eletricidade (Aquário) e energia na sextilha com Urano. Período importante e decisivo pelo começo da crescente e por esse impulso positivo e de propulsão para lançar as últimas sementinhas, na presença e firmeza de propósito, além da clareza de como agir, seguindo um fluxo. Como puxar o fio de um carretel de linha girando até o final, sem impedimento. Movimento contínuo. Profusão de ideias, como um despertar para novas formas e maneiras de perceber e lidar. Ideias encadeadas com a ação, de mãos dadas para concretizar, expandindo horizontes. Assertividade. O movimento retrógrado de Mercúrio, somando o cuidado e atenção na comunicação de ambos os lados, e o que é entendido como objeção, contrariedade e antagônico, pode ser um alerta necessário para enxergar por um ângulo no mínimo mais amplo e favorável.

A Vênus ingressa em Peixes no dia 27.01 permanecendo até o dia 21.02. Marte já começou a fazer a síntese de suas iniciativas, o que foi iniciado, para começar um novo ciclo ao ingressar em Áries no dia 19.02. Vênus acompanha, mas nas questões de relacionamento, parcerias e valores, pois já encontra Saturno ao ingressar no signo, trazendo uma visão racional das questões, e que direções precisam ser mudadas, pois no balanço geral a frustração e a desilusão podem gerar a sensação de saldo negativo, falta de confiança, e a descrença no surgimento de novas possibilidades no futuro. Só é possível em sonho, mas a realidade é outra. Talvez haja uma interpretação própria da realidade, sem discriminação, que era mais satisfatória e confortável naquele momento, que encaixava na fantasia e expectativas, mas distante da verdade. Importante para perceber o que é fantasia e castelos de areia criados e cultivados ao longo do tempo, sem consistência e condições de se tornarem algo viável.

Depois a Vênus se une a Netuno que vai refinando e trazendo em suaves e delicadas doses de compaixão consigo, e a entrega a relações com afinidade e sintonia mais apurada. Espaço para sensibilidade. Clima de sensualidade, entre véus, danças, troca das vestes atrás do biombo. Mil e uma noites. A Vênus se aproxima de Marte em Peixes no dia 11.02, e segue entre sutilezas e muita sedução até o dia 20.02, quando ingressa em Áries. Busca por práticas espirituais, transcendentais, religiosas e místicas estarão na crista da onda, como uma maior interiorização.

No começo de fevereiro Júpiter e Urano voltam a se aproximar. De pano de fundo a quadratura Urano e Plutão, que vem também acumulando e cutucando potenciais diversos, guardados, reprimidos ou abafados quando o mundo diz não, ou parece que diz não. ("Cada vez que o mundo diz não, Guilherme Arantes). Mas revelando, provocando e revelando esses mesmos potenciais.

Saturno e Netuno em quadratura moldando e ajustando sonhos. Limitando a fantasia para que as aspirações se tornem tangíveis e palpáveis. Imaginação como instrumento e condutora para ver lá a frente, já concretizada.

Domingo - 25 de Janeiro

Energia para dar, vender e negociar. Lua em Áries conjunta a Urano, quadrada a Plutão e sextilha a Mercúrio, trígono com Júpiter. Qual o sim que você espera do mundo e que você não se deu ainda? Trabalho intenso, transformador, complexo que esta quadratura Urano e Plutão vêm fazendo de construir com muita paciência, calma e firmeza o mundo que a gente almeja, no coletivo e no pessoal. Domingo, dia do Sol.

Segunda-feira - 26 de Janeiro

A Lua segue em Áries até o inicio da tarde. Agilidade e rapidez. Nem terminou o almoço e uma vontade de comer uma guloseima, um sorvete, ou o almoço foi insuficiente. A Lua ingressou em Touro. O prazer entra em cena, e um deles pode ser o paladar. Mais tem mais quatro sentidos a satisfazer. Um bom banho, toalha e lençol macio, creme, massagem com óleos para incentivar os sonhos, e as respostas ou serenidade contidas nele. Lua em aspecto com Netuno.

Terça-feira - 27 de Janeiro

Hoje o dia vai exigir paciência com tudo, todos e consigo. Tudo parece lento ou acelerado demais. Um pouco de calma. Lua quadrada com o Sol e Mercúrio. Comunicação pelas metades, indecifrável. A vida virou um aplicativo. E o boi rumina lá no pasto, dá um mugido alto e encorpado para lembrar-se do c-o-r-p-o. Corpo que sente: sede, fome, sono, alegria, solidão, medo. Cresce, amadurece, enruga, "adoece" e cura. E mais: caminha canta, fala, respira ouve, ama. Gosta e sente prazer de tocar e ser tocado, e assim quem sabe lembrar que vive na terra, e que o maior ganho também pode vir de cuidar dele com inteligência e sabedoria. Hoje a Vênus ingressa em Peixes. Início da fase crescente

Quarta-feira - 28 de Janeiro

Na raspa do tacho entre Lua e Júpiter ainda em aspecto, um tantão de preguiça quando a Lua segue sozinha parte do dia, quadrando com a Vênus em Peixes. Quer descansar para quando ingressar em Gêmeos à noite, estar pronto (a) e apto (a) para o movimento que vai ser grande e contínuo, além do fluxo da crescente que teve iniciou ontem.

Quinta-feira - 29 de Janeiro

Todas as coisas em mãos e anotadas na agenda mental para dar andamento. Lua em oposição a Saturno, para o que faltar: documento, pasta, arquivo, "etc e tals" que faltar, estarem na ponta da língua, além dos planos b, c, d... já estarem engatilhados (Mercúrio retrógado). Depois a Lua faz contato com o Sol e Mercúrio, sextilha com Urano, com saídas e soluções mais rápidas e efetivas. Mente arejada e aberta. Certo cuidado com qualquer acerto verbal, de palavra, que não tem clareza ou comprometimento. Aceitação e consentimento de tudo, sem qualquer questionamento, apenas leves cutucadas parecendo ingênuas e bobas, mas esperando para ficar com tudo o que foi pescado em conjunto. Ou ambos perderem os peixes para um terceiro, que foi mais rápido, esperto. Agiu em silêncio, sem demonstrar interesse verdadeiro e efetivo. Indiferente. Lua em quadratura com Marte em Peixes.

Sexta-feira - 30 de Janeiro

Dia leve, jovial, movido à curiosidade e alegria. Estar com os irmãos de sangue ou de coração. Vontade de estudar algo novo ou aprender. Alguém chega com uma sugestão e a informação precisa. Sabe que você tem talento pra fazer tal coisa? Opa... Um reconhecimento, além da generosidade, do sorriso no rosto que vem acompanhado de sorte, mostrando outro horizonte. Surpreendente. Ciclo no signo de Aquário, o signo associado a coisas inesperadas e das relações de amizade e fraternais.

Sábado - 31 de Janeiro

Acolhimento, carinho, emoção. Sensibilidade e sensitividade com a Lua em Câncer em aspecto com a Vênus e Netuno. Zelo e cuidado com quem se ama. A amizade afetiva e multicor iniciada com Mercúrio e Vênus em Aquário, a partir de hoje e daqui para frente com o ingresso da Vênus em Peixes, pode mostrar se há entrega, como ser confundida com um afeto especial, sendo apenas de um lado. O limite pode ser estabelecido rapidamente com a quadratura de Vênus e Saturno. Com Saturno convém deixar o tempo mostrar. No signo de Sagitário, entusiasmo sem fundamento pode ser o limite. Senso de segurança e proteção são qualidades da Lua em Câncer.


para falar com a astróloga Milene Schmitt Batista


Artigos relacionados - clique no título

>>> Astrologia: o que é e para quê?

>>> Astrologia e destino: De que forma o futuro é “escrito nas estrelas”?

 





Leia outras colunas interessantes aqui abaixo
Lua Fora de Curso Outro Lado Ser Integral Neoxamanismo

 
 
  Milene Schmitt Batista é astróloga
>> Mais informações>>
 
 
para a página principal