Céu da semana
Perfil astrológico dos sete dias da semana

Semana de 22 a 28 de fevereiro
por Milene Schmitt Batista


Quadratura com Saturno em Sagitário: não paralisar, seguir adiante

Destaque da Semana

E a semana chega cheia de aspectos, ciclo no seu início e o momento de finalizar com a entrada do Sol em Peixes, o último signo. O Sol em quadratura exata com Saturno e conjunto a Netuno, exato também. Sonhos que viram castelos de areia, ou eram ilusões, que podem gerar enormes desconfortos e sensação de estar perdido, sem direção, ter que começar do zero. Pode ficar inflacionado apenas pela expectativa criada, faltando os pés no chão, com base na realidade.

A Lua crescente inicia no dia 25.02, e pode já parecer cheia, por sementes que sequer brotaram, como uma colheita. Mas o momento é de fechamento e síntese. Insistir, persistir nas mesmas coisas, do mesmo jeito, com as mesmas crenças, não terá diferença no resultado, especialmente sem inspiração que venha de íntimo e da própria essência. Acordar da fantasia e trabalhar pelos sonhos possíveis e viáveis. Construí-los. Tempo, estratégia e na direção firme deles, caso seja necessário mudar a rota ou ampliá-la. Saturno traz impedimentos que podem ser de ordem prática e isso é o que precisa ser analisado. Pensar adiante, à frente e não apenas o resultado imediato, com sucesso garantido. Sob que alicerces foi erguido? As questões coletivas, do mundo e se perder nessa imensidão. Centramento e neutralidade, fluindo com a maré, junto do cardume, sem se distanciar da sua natureza, com as antenas sempre ligadas. Peixes é mutável e quando necessário, muda, mas sem se perder da própria direção, que por vezes nem ele sabe, mas que chegam conduzidos por intuição, sensibilidade, sensitividade e por uma busca maior. Essa é a dinâmica da quadratura com Saturno em Sagitário. Não paralisar, mas seguir, ir adiante.

Mercúrio faz sextil com Urano propondo algo novo, diferente e quebrando naturalmente a resistência. Por que não fiz isso antes? E também oposição a Júpiter com algo brilhante, apenas o cuidado do exagero, e dar o passo maior que a perna e pés (Sol em Peixes.

Vênus e Marte em Áries em conjunção até a primeira semana de março. Amor à primeira vista, paixão à primeira vista, ou tesão à primeira vista. Áries é um signo também de impulsos e arroubos, movido a conquista e a conquistar, essa pode ser a dinâmica das relações neste período, como para as já conquistadas, que ganham com algo novo, no outro, na relação, acendendo a chama com um desejo inédito. Vênus e Marte fazem trigono com Saturno, e o tempo se encarrega de mostrar o que é para seguir adiante, se ambos querem caminhar na mesma direção e seguir juntos. Maior propensão a brigas e discussões, irritabilidade, agressividade, querendo resolver no grito e no tapa. Não ouvir o outro(s), passar por cima. Fogo nas ventas. Inflamações, dores de cabeça, febres, propensão a acidentes com objetos cortantes, pela impaciência que leva a desconcentração e querer se livrar rápido. Investimentos com excesso de autoconfiança, sem todas as informações necessárias, querendo resolver pra ontem. Além da dor de cabeça, pode não render o esperado, pois não há consciência dos riscos. Os aspectos do Sol com Saturno e Netuno, além da quadratura Urano e Plutão, cada vez mais próxima, que refletem também o que acontece no coletivo. Rupturas e quebras do que está estabelecido, estruturado. Mudanças e surpresas, no cenário político e mundial.

Júpiter em movimento retrógrado e Urano fazem contato exato no dia 03.03 trazendo saídas criativas e surpreendentes, guiando nos momentos de dificuldade e confusão. Flechas luminosas que servem como faróis antes de se perder, ou ser levado pelas ondas e névoas do caminho, continuar na embarcação. O caminho escolhido é o do coração, aquele que faz bater o peito em compasso com a alegria e uma vontade indomável?

Domingo - 22 de Fevereiro

Fôlego de sobra para aproveitar o dia, novidades que pintaram no contato da Lua em Áries com Vênus e Marte. Hoje a Lua encontra Urano e quadra com Plutão, e o que está "envelhecido" dentro da gente, pode ser reciclado e ficar novinho em folha, ser customizado, sem medo e temor, com coragem, olhando de frente e contando com o auxílio luxuoso da Lua em trígono com Júpiter em Leão. Final da noite a Lua ingressa em Touro

Segunda-feira - 23 de Fevereiro

E a segunda começa cheia de movimento. Mas Touro resolve com calma e paciência, pois encontra Netuno que sugere prestar atenção à intuição, e falar o que é necessário, com clareza e evitar a teimosia, pois faz quadratura com Mercúrio. Depois a Lua faz trígono com Plutão e a segunda fica produtiva, proveitosa e objetiva. O dia rende e fica mais simples lidar com a quadratura com Júpiter e não exagerar nas guloseimas ou compras desnecessárias na necessidade de satisfazer alguma carência ou frustração, que o aspecto com Sol, Saturno e Netuno já trouxeram à tona.

Terça-feira - 24 de Fevereiro

Sossego e tranquilidade com a Lua sem aspecto durante o dia, depois de todas as solicitações, e a chegada da crescente amanhã. Ritmo mais lento e oportuno para recarregar com energia e serenidade, para estar pronto e articulado para todas as exigências e desafios, sem se assustar, pois parece que as sementes nem germinaram. Relaxamento, prazer e silêncio, pois o dia anterior pode ainda estar reverberando, causando impressões distorcidas. Uma boa noite de sono cura e deixa pronto para o dia seguinte.

Quarta-feira - 25 de Fevereiro

O dia começa falante, versátil e ágil... Se vira nos trinta, quarenta, cinquenta... Lua em sextil com Vênus e Marte. Conversas rápidas e fáceis que levam à ação. No meio do caminho algo desanda no contato com o Sol e Netuno. Descuido, engano, distração. Início da fase crescente, onde os desafios aparecem e mostram o que precisa de atenção e cuidado específico. O contato com Mercúrio aponta onde precisa ser colocado o foco e o empenho.

Quinta-feira - 26 de Fevereiro

E um vento leve, esperto e curioso traz em mãos recursos criativos, soluções quase mágicas, dando nó em pingo d'água (Lua em Gêmeos e Sol em Peixes), mais o sextil com Júpiter e Urano. As soluções ampliam e surpreendem.

Sexta-feira - 27 de Fevereiro

Aproveitar os últimos momentos da Lua em Gêmeos e sua destreza para encaminhar o que for preciso, pois ainda pela manhã a Lua ingressa em Câncer. Regaço, colo, abrigo, com o ingresso da Lua em Câncer que não quer se desentender com Vênus e Marte. Para que tanta pressa e agitação. Como fazer um acordo? Câncer recolhe as pinças, usa só para andar, e Áries usa seu vigor para divertir, conquistar pela energia e não para impor. Noite propícia aos sonhos curativos que podem trazer respostas, mensagens no contato da Lua com Sol e Netuno.

Sábado - 28 de Fevereiro

O dia parece diferente, sensação boa de conforto e segurança que segue ainda pela manhã, no contato da Lua com o Sol e Netuno, mesmo com a Vênus inquieta para sair de casa. O desafio de ser confrontado por Urano e Plutão, já conhecidos e que pode revelar alguma outra faceta, algo enterrado e bem protegido na carapaça do Caranguejo, que só ele conhece, mas que deixando vir à tona para si mesmo, pode ser libertador por perdoar a si mesmo.

..."Sem preconceito ou mania de passado
Sem querer ficar do lado de quem não quer navegar
Faça como um velho marinheiro
Que durante o nevoeiro
Leva o barco devagar"...

Argumento - Paulinho da Viola

para falar com a astróloga Milene Schmitt Batista


Artigos relacionados - clique no título

>>> Astrologia: o que é e para quê?

>>> Astrologia e destino: De que forma o futuro é “escrito nas estrelas”?

 





Leia outras colunas interessantes aqui abaixo
Lua Fora de Curso Outro Lado Ser Integral Neoxamanismo

 
 
  Milene Schmitt Batista é astróloga
>> Mais informações>>
 
 
para a página principal