Corpo
Dicas para um corpo saudável e boa forma

Fitness: O que é o circuit training?
por Simone Sarti

Trabalhar praticamente todas as partes do corpo e ainda aumentar a resistência cardiovascular em uma única aula é possível? Sim e isso não é nenhuma novidade. Conhecida já há algum tempo e sempre muito concorrida é a aula de circuito ou "circuit training".

O circuit training é um programa de treinamento ou uma aula com duração média de uma hora. Durante esse período, os participantes realizam exercícios de resistência muscular localizada em diversas "estações" que são: exercícios dispostos seqüencialmente, de forma que permitem alternância dos grupos musculares, para que não haja grande sobrecarga num único grupo.

Em cada estação são colocados equipamentos usados na realização dos movimentos: pesinhos, caneleiras, elásticos, etc. Entre cada estação de exercício localizado, realiza-se a corrida, a caminhada, pular corda, bicicleta e outros. Assim a aula é montada da seguinte forma: 10 minutos iniciais para aquecimento e alongamento; os 40 minutos seguintes intercalando exercícios aeróbios com exercícios localizados e aproximadamente 10 minutos finais de relaxamento e alongamento dos principais grupos musculares trabalhados.

O número de estações pode ser determinado conforme o número de alunos ou nível de condicionamento físico dos participantes; sendo normalmente 6 a 15 estações realizando-se de 1 a 3 voltas no circuito.

Apesar de ser um trabalho intenso, os iniciantes também podem fazer esse tipo de aula uma vez que, mesmo tendo mais de um aluno na mesma estação, o exercício é realizado individualmente. Assim cada um faz no seu ritmo, e durante a parte aeróbia, pode optar por caminhar mais lentamente.

O ideal é que o circuito seja montado com exercícios de fácil execução, os básicos e eficientes, para que numa única volta de apresentação seja possível ao professor apresentar os exercícios,explicar e tirar qualquer dúvida.

O circuit training está longe de ser uma aula monótona e você pode queimar em média de 400 a 600 calorias.

Ele pode ter muitas variações e em algumas academias, existem salas específicas para essa aula, equipadas com aparelhos de musculação colocados estrategicamente (alternando membros inferiores e membros superiores) e uma pista ao redor para as corridas; outras montam o circuito com mini trampolins, bicicletas, aparelhos elípticos e esteiras. Mas toda essa tecnologia não é imprescindível, pois até em casa, você pode montar um pequeno circuito que trabalhe os principais grupos musculares e apenas uma esteira para o trabalho aeróbio.

Porém, é importante o acompanhamento de um profissional, pois como as mudanças de um exercício para o outro são rápidas, você não correrá o risco de se posicionar errado ou ultrapassar os limites de segurança.

O objetivo da aula é normalmente um condicionamento físico geral, mas é excelente para quem quer emagrecer, aumentar a resistência muscular localizada, força e flexibilidade e melhorar o sistema cardio respiratório.

Antes de iniciar a prática, passe por uma completa avaliação física e médica. Um tênis adequado com amortecimento, por causa dos exercícios aeróbios, e um monitor de freqüência cardíaca serão muito úteis e importantes.

 

Colunas relacionadas:
Vida SaudávelBelezaYoga Psicologia do Esporte
para ler artigos anteriores
este artigo para um amigo
Simone Sarti
é profa. de Educação Física com pós-graduação em Fisiologia do Exercício
>> Mais informações >>
Clique aqui
e compre o livro
"Mais jovem a cada dia" de
Sonia Corazza e Simone Sarti
para a página principal