Cyber Carreira
Seção dedicada a responder e-mails relacionados à vida profissional

Tenho chance de arrumar emprego depois dos 50?

por Roberto Santos

Cinquentões estão no auge da carreira

Tenho 51 anos, trabalhei 31 num hospital que há dois anos mandou 200 funcionarios embora sem pagar seus direitos e devendo três meses de salário. Para me manter, fui obrigada a me aposentar. Procuro emprego na área hospitalar e não consigo. Devo desistir?

Resposta: Claro que você não deve desistir! Apaixonada pelo belíssimo trabalho em hospitais e tão jovem ainda, nesses tempos em que nossa expectativa de vida já está por volta dos 80. Você está no auge de sua carreira! Não quero com isso diminuir a complexidade da situação que você vive. Desempregada, com salário alto em carteira, numa economia em crise, e com um mercado de oferta maior do que procura, resulta num período muito maior para se recolocar.

Uma sugestão, que pode parecer estranha, é que nestes dois anos em que não recebeu salário de um outro empregador, você já poderia ter se voluntariado numa ONG, quando realizaria sua paixão pelo que faz, e daí estabeleceria uma possível ponte para uma atividade remunerada nessa instituição ou em outra.

Não desista, mas não se fixe no propósito de voltar para o mesmo cargo e faixa salarial que tinha antes. Volte ao trabalho que ama. Acredito que numa hora você será recompensada.

Artigos relacionados - clique no título

>>> Como recolocar-se no mercado depois dos 45?

>>> Medo de perder o emprego nestes tempos de crise? Saiba o que fazer

>>> Não gosto do meu emprego, estou procurando outro e não acho. O que eu faço?

>>> Devo largar minha empresa para procurar emprego?

Colunas relacionadas:
Gestão PessoalRoberto Shinyashiki Atitudes Dinheiro
para ler as respostas
este artigo para um amigo
Roberto Santos
é profissional de Recursos Humanos, com 30 anos de experiência, inclusive como executivo em grandes organizações multinacionais
>> Mais informações >>
Clique aqui para falar com Roberto Santos
para a página principal