Alimentos & você
Dicas para você se relacionar bem com sua alimentação

Vontade de doces? Saiba o que fazer
por Adriana Kachani

Situação 1

Fim de semana, tarde fria. Que vontade de um doce…poderia fazer um brigadeiro, comer um pedaço de bolo ou talvez um chocolate quente. Tudo muito calórico. Desisto e opto por uma maçã.

O problema estaria resolvido se ficasse só na maçã. Mas como não era exatamente isso que queria, então num piscar de olhos como um iogurte também. Que ainda não sacia. Então tento a gelatina light. Os morangos – que delícia, a temporada está voltando! Ainda não satisfeita, tomo um café com leite – desnatado, é claro – e com adoçante.

Depois de ter devorado metade da geladeira, eis que a vontade de comer um doce não está resolvida. E a vontade, maior do que tudo me vence. E vou até a cozinha preparar uma das opções engordantes: brigadeiro, bolo ou chocolate quente.

Não teria sido melhor ter sucumbido `a vontade na hora em que essa veio? Pois no fim das contas, comi minha primeira opção, mais a segunda, terceira, quarta, quinta...se somarmos tudo o que ingeri, vira um desastre calórico!!!

Situação 2

Sinto vontade de comer brigadeiro. Vou até a cozinha, abro uma lata de leite condensado, pego a margarina, chocolate...aquela velha e conhecida receita. Uma vez pronto, “raspo” a panela (a melhor parte), como um pouquinho, só para matar a vontade, e deixo o resto no prato para a minha nutricionista não me dar uma bronca.

Mas o brigadeiro está lá. Na cozinha. Vira e mexe penso nele. Passo na cozinha – pego uma colherada. Vou para a área de serviço, outra colherada. Decido nem lavar mais a colher, já deixo perto do prato. Quando percebo, lá se foi o brigadeiro inteiro, ou seja, uma lata de leite condensado, margarina e duas colheres de chocolate amargo (prefiro o amargo).

Como fugir dessa tragédia? Uma opção é comprar aquelas latas menores. Existe um fabricante que faz latas bem pequenas. Outro lançou versão em tubo, é só fazer um pouquinho.

A melhor de todas opções, a meu modo de ver é colocar uma roupa e ir comprar um brigadeiro na doceira mais próxima. Quer forma melhor de realmente valorizar o doce que estamos comendo? Sair (muitas vezes temos que nos trocar antes), na maior preguiça, andar algumas quadras e pagar por um brigadeiro a mesma quantia que pagaríamos por uma lata inteira? Quem, em sã consciência, vai ter coragem de comer uma dúzia de docinhos? Porque com uma lata, podemos fazer uns 30 brigadeiros de tamanho médio ou uns 20 bem grandinhos...

Ir à doceira pode ser um insulto para alguns, mas se pensarmos no custo-benefício – e não estou me referindo ao financeiro - esta é a melhor saída. Fazer o brigadeiro em casa pode ser mais fácil e às vezes mais divertido, porém na contabilidade energética é mais calórico também.

Situação 3

Estar com o namorado , amigas ou irmãs. Todas decidem comer um doce. Você está de dieta. Relaxe e aproveite!!!!!! Fazer dieta não significa ser uma pessoa anti-social. Não podemos decidir que ninguém vai comer por causa da nossa dieta. Por outro lado, ver todos comerem, sem experimentar, significa ter um autocontrole difícil de encontrar.

Alguma vez li que companheiro significa aquele que compartilha o pão. Sendo assim, não fique de fora, compartilhe este momento – sem abusos, é claro – e seja feliz!!!!

Artigos relacionados - clique no título

Comer doce pode causar estresse

Como pôr em prática a reeducação alimentar

Para emagrecer é preciso, antes de tudo, de atitude mental: ACREDITAR!

Excessos de fim de ano não comprometem dieta regular

Promoção Cultural Vya Estelar - Clique aqui
Participe da Promoção 'Donos do Futuro - Educação Corporativa' e concorra para ganhar Box com três dvds de Roberto Shinyashiki

 

Colunas relacionadas:
Vida SaudávelBelezaCorpoNuno Cobra
para ler artigos anteriores
este artigo para um amigo
Adriana Kachani
é nutricionista
>> Mais informações >>
Clique aqui para falar com Adriana Kachani
para a página principal