Cyber Carreira
Seção dedicada a responder e-mails relacionados à vida profissional

Pontos positivos e negativos; como apontá-los na entrevista

Uma boa saída é reportar ao selecionador - que espera-se que seja competente - os feedbacks positivos e negativos recebidos de chefes e colegas

Resposta: Essa pergunta é a mais usada em 99% dos processos seletivos e com certeza já devem existir listas de respostas ideais nos manuais de candidatos nas bancas de jornais. O problema da pergunta pura e simples é que a resposta do entrevistado pode ser uma pura mentira para vender algo que o selecionador está querendo encontrar. A parte de pontos negativos ou fracos, então, é aquela mais manjada: “sou perfeccionista, faço tudo certinho, nos mínimos detalhes” ou “trabalho demais”. Então, você tem dois caminhos para responder a esta pergunta: primeiro, usar uma lista de qualidades incríveis como pontos positivos e sair pela tangente com o tipo de resposta que fala e não diz nada. E segundo, você deve descrever como pontos fortes ou positivos, os elogios que recebeu de colegas, chefes e subordinados se você for chefe. Ou seja, não é você que está falando, mas você está repassando o que falaram de você. Quanto aos pontos negativos, use a mesma regra, especialmente para aqueles feedbacks negativos que você procurou se adequar. Desta forma, estará reconhecendo vulnerabilidades (isto é, você é humano e honesto) e demonstrando que procura se desenvolver com base no que aprende. Torço que dê certo e que você encontre um(a) selecionador(a) competente.

Esta coluna trata exclusivamente de ASSUNTOS PROFISSIONAIS, pedimos a gentileza de enviar somente perguntas pertinentes a este tema.

Colunas relacionadas:
Gestão PessoalRoberto ShinyashikiIntegre-seDinheiro
para ler as respostas
este artigo para um amigo
Roberto Santos
é profissional de Recursos Humanos, com 30 anos de experiência, inclusive como executivo em grandes organizações multinacionais
>> Mais informações >>
Clique aqui para falar com Roberto Santos
para a página principal