Dicas do Dia
Informações sobre saúde, bem-estar e qualidade de vida

Joelho: Dez perguntas e respostas sobre a articulação mais sobrecarregada do corpo

Da Redação

Cinco procedimentos para prevenir dores no joelho - clique aqui

O joelho é uma das articulações que mais preocupam preparadores físicos e esportistas, principalmente jogadores de basquete, vôlei e futebol. Os afastamentos por lesões costumam tirar os atletas de circulação por sete ou oito meses. A doutora Ana Lúcia Mourão, fisiatra especializada em Medicina Esportiva, responde as principais perguntas para se entender, usar bem e tratar corretamente essa importante 'ferramenta' de locomoção.

Para que serve o joelho?

Resposta: O joelho é uma articulação de conexão entre a parte superior da perna e a parte inferior. Ele dá condições de movimentação, estabilidade e resistência para suportar o peso do corpo. O trabalho dos joelhos depende de todo um conjunto formado por ossos, músculos, cartilagem, ligamentos e tendões. Cada uma dessas estruturas está sujeita a lesões.

O que provoca mais dor nos joelhos?

Resposta: Várias doenças podem afetar os joelhos. A mais freqüente é a artrite.

Quais são as estruturas do joelho mais afetadas?

Resposta: Os meniscos e o ligamento cruzado anterior.

Como diferenciar dor no menisco e dor no tendão patelar?

Resposta: A diferenciação se dá através do exame físico do paciente e sua história clínica. A lesão do menisco geralmente provoca dor quando a pessoa está com o joelho esticado, reto. Se a dor é moderada, o paciente segue com suas atividades, ainda que de forma reduzida. Quando a dor é intensa, é provável que o menisco esteja atritando com o fêmur e a tíbia. Já a dor no tendão patelar está associada à tendinite e ao supertreinamento.

Quais os tratamentos cirúrgicos disponíveis?

Resposta: A *artroscopia costuma ser o tratamento cirúrgico mais indicado. Entretanto, ainda que seja menos invasiva do que a cirurgia tradicional, os riscos são os mesmos nos dois casos, porque exigem internação, anestesia e todo um pós-operatório criterioso.

Há como evitar a cirurgia?

Resposta: Sim, dependendo das condições do paciente e das características da lesão. Hoje, inclusive, a ciência prioriza os tratamentos conservadores, que evitam ou pelo menos retardam a necessidade de uma intervenção cirúrgica. Quem sofre de lesão degenerativa do menisco, que é um problema fisiológico relacionado à idade, deve primeiro se submeter ao fortalecimento muscular. Para controlar a dor, bolsas de gelo, uso de bengala, repouso relativo e correção postural são bastante eficazes. Mas há, também, tratamentos alternativos que estão apresentando excelentes resultados, como a acupuntura e o tratamento por ondas de choque.

O que é o Tratamento por ondas de choque?

Resposta: O tratamento por ondas de choque atenua dores articulares através de um procedimento não-invasivo e com mínimos efeitos colaterais. Ao aliviar a dor, o organismo reage positivamente com melhores funções, mobilidade e musculatura. Com o auxílio de um equipamento desenvolvido com tecnologia de ponta, as ondas de choque (acústicas) são aplicadas no local da dor, ativando a circulação sangüínea e promovendo a reparação da estrutura afetada. Em casos selecionados, conseguimos atingir ótimos resultados. .

No tratamento de atletas e esportistas, pode ser considerado dopping?

Resposta: De modo algum. O tratamento por ondas de choque está plenamente liberado para esportistas profissionais, é realizado por um médico especializado com certificação e treinamento realizado pelas sociedades médicas existentes.

A fisioterapia é eficaz para reduzir a dor nos joelhos?

Resposta: A fisioterapia é um tratamento auxiliar. Nos idosos, o reforço muscular é essencial, já que a maior parte das quedas se deve a deficiências de equilíbrio, força muscular, tempo de reação e flexibilidade, capacidades que podem ser trabalhadas em programas de exercícios físicos.

Como prevenir dores nos joelhos?

Resposta: Com exceção dos imprevistos, como acidentes e lesões durante a prática de esportes, há cinco condutas que previnem a dor nos joelhos:

1º) Antes de iniciar qualquer atividade física, faça aquecimento e alongamento;

2º) Para fortalecer os músculos da perna, dê preferência a caminhadas, suba e desça degraus repetidamente e ande de bicicleta;

3º) Procure não praticar exercícios muito intensos, a fim de não sobrecarregar as articulações;

4º) Invista em calçados apropriados para a prática de esportes;

5º) Controle o peso, já que a obesidade aumenta muito o risco de osteoartrite.

*A artroscopia é um procedimento usado por cirurgiões ortopédicos para visualizar, diagnosticar e tratar problemas nas articulações.

No início, a artroscopia era simplesmente uma ferramenta para diagnóstico e fazer planos em cirurgias abertas. Com o desenvolvimento de instrumentos menores e de novas técnicas cirúrgicas, muitas patologias agora podem ser tratadas artroscopicamente com êxito, como, por exemplo, muitas lesões dos meniscos, ligamentos, lesões de cartilagem e alguns problemas associados à artrite. Fonte www.artroscopia.com

Artigos relacionados - clique no título

Tratamento naturopático para artrite

Yoga é a única disciplina que propõe uma conscientização de cada “setor” do corpo

Por que a gota é uma doença muito grave

10 procedimentos fáceis para eliminar dores nas costas

 


para ler artigos anteriores
este artigo para um amigo
Clique aqui para falar com Vya Estelar
para a página principal