Cyber Vida Sexual
Seção dedicada a responder e-mails relacionados à sexualidade

Masturbação em demasia atrapalha a vida?


por Sandra Vasques

Até que ponto a masturbação em demasia atrapalha a vida, pois sou viciado, me masturbo 3 a 4 vezes por dia e isto me irrita, mas não consigo parar.

Resposta: A masturbação é algo natural. É a maneira pela qual uma pessoa pode buscar prazer sexual quando não existe um parceiro disponível. Ou mesmo quando este existe, em alguns momentos, você pode querer ter alguns momentos de prazer sozinho.

Masturbação - Ela pode acontecer mais de uma vez ao dia, mas a sua frequência não deve interferir na realização das atividades diárias, nem impedir a busca de relacionamento com outras pessoas.

No início da adolescência, a masturbação é, inclusive, uma forma de se conhecer e saber qual o melhor jeito para se estimular para conseguir ter prazer. Mas além do prazer, o orgasmo conseguido com a masturbação traz uma sensação de relaxamento, que também é algo bom de se sentir.

Quando você diz que é viciado em masturbação e que isso o irrita, parece que esse ato já não está mais ligado à busca do prazer sexual. Parece que você se masturba por impulso, sem que tenha controle sobre essa vontade, e isso é realmente irritante. Mas se pensarmos nos resultados da masturbação, prazer e relaxamento, podemos supor que é isso que você momentaneamente consegue e, se tem necessidade de repetir logo mais, é em busca de mais prazer e relaxamento que você está. Assim, seria importante você olhar para sua vida e ver se não está faltando alegria, satisfação, prazer em outras áreas.

É preciso cuidar do que realmente está te incomodando, para que você se sinta mais equilibrado e satisfeito e não precise recorrer a uma satisfação momentânea, mas passageira e que na realidade não resolve a sua insatisfação. Além disso, você provavelmente tem estado ansioso e a masturbação também traz um alívio para essa sensação incômoda. Se você não conseguir sozinho identificar o que realmente está te incomodando e corrigir, então seria aconselhável procurar a ajuda profissional de um psicólogo ou psiquiatra. Mas não deixe de se cuidar.

Artigos relacionados - clique no título

>>> Ficar longo tempo sem fazer sexo realmente causa irritação?

>>> Masturbação realmente provoca espinhas?

>>> 'Só penso naquilo'; isto é normal?

>>> Sexo via Webcam pode gerar compulsão em adultos e adolescentes


ATENÇÃO: As respostas do profissional desta coluna não substituem uma consulta ou acompanhamento de um profissional de psicologia e não se caracterizam como sendo um atendimento

Colunas relacionadas:
Cyber Vida a Dois SexoLuiz Alberto PyAmor
para ler as respostas
 
Sandra Vasques
é psicóloga especializada em sexualidade
>> Mais informações >>
Clique aqui para falar com Sandra Vasques
para a página principal