Cyber Vida Sexual
Seção dedicada a responder e-mails relacionados à sexualidade

Mitos em relação ao tamanho do pênis

por Marcelo Toniette

Tenho 21 anos e meu pênis mede 13,5cm. Até que idade o pênis pode crescer?

Resposta
: Quando você fala sobre a sua questão sobre até que idade o pênis de um homem pode crescer, me remete a uma triste armadilha que muitos homens se colocam por falta de informação e de orientação sobre a sexualidade: o mito do pênis-padrão.

Mito do pênis-padrão

O mito do pênis-padrão povoa o imaginário de muitos homens e, por incrível que pareça, de muitas mulheres. Mas afinal, o que é mito? Em termos gerais, o mito está relacionado aos mais variados relatos que são passados de geração em geração, dentro de um contexto social, que trata de explicações em forma simbólica de determinados fenômenos, costumes, situações, entre outros temas da vida humana.

O mito do pênis-padrão é uma forma idealizada e simbólica de se falar em grau de virilidade de um homem. Em outras palavras, é como se a dimensão do pênis indicasse o grau de masculinidade e potência de um homem. Isso não é verdade. O tamanho do pênis é uma característica pessoal que varia de homem para homem, de forma diversa, da mesma forma que existe uma variedade de características de outras partes do corpo: orelha, nariz, mãos, rostos...

A masculinidade é um atributo que está relacionado a outros fatores que não o tamanho do pênis em si.

O pênis-padrão é referido com se fosse uma entidade, um símbolo de virilidade.

De fato, a fantasia conta muito na hora do sexo. Mas é importante se ter claro de que nem todas as fantasias são realizáveis. Quem não faz essa importante distinção entre fantasia e realidade corre o risco de confundir que o grau de satisfação esteja no comprimento ou diâmetro do pênis. Essa confusão limita consideravelmente o grau de satisfação sexual, pois a frustração torna-se frequente na hora do sexo. O prazer, tanto do homem, quanto da mulher, não se restringe ao tamanho do pênis, e está relacionado a uma série de fatores presentes no encontro sexual, como afeto, envolvimento, carinho, cumplicidade, jogo erótico, carícias, entre outros.

O pênis pode adquirir novas dimensões, seja em comprimento, seja em diâmetro, até os 18 anos.

O tamanho do seu pênis, em ereção, de 13,5 cm tranquilamente possibilita que você tenha relações sexuais completas com prazer mútuo.

O pênis, em ereção, tendo no mínimo 8 cm de comprimento já possibilita a relação sexual com penetração.

Um dado importante para auxiliar na despreocupação com o tamanho do pênis: a vagina possui uma musculatura elástica que mede aproximadamente 10cm. Somente o primeiro terço da vagina – cerca de 3 a 4 cm – existe uma concentração de terminações nervosas que, ao serem estimuladas geram sensação de prazer. O restante da vagina, que tem aproximadamente 10cm, não gera essa sensação de prazer. Apesar de a vagina ter uma musculatura elástica que envolve qualquer formato de pênis quando existe relaxamente e lubrificação; um pênis muito grande pode gerar até sensação de desconforto.

A melhor alternativa é reconhecer a encanação do tamanho do pênis como algo que está relacionada a um mito.

A partir daí, aceitar o próprio corpo da forma que é e encontrar possibilidades de satisfação. O investimento deve ser feito em autorizar-se a descobrir possibilidades de dar e receber afeto, de perceber sensações prazerosas em você e conhecer como a sua parceira gosta de ser estimulada. Aqui vale os beijos, abraços, carícias... Fica evidenciado que o que mais vale é a capacidade do envolvimento afetivo-sexual do que o tamanho do pênis em si.

Lembre-se que quem vai para a cama fazer sexo é o seu corpo inteiro e não apenas o seu pênis.

Atrelar ao pênis o motivo de ser a causa do problema pode ser indício de algum outro problema de ordem emocional ou relacional.

Voltando à questão do mito do pênis-padrão, a fantasia faz parte da relação sexual, porém, além do fato de nem sempre ser possível realizá-la, não é ela quem determinada a qualidade do prazer da relação sexual. Um “pênis grande” talvez satisfaça muito apenas aquelas pessoas que apresentam o fetiche sexual de serem penetradas ou penetrar com um “pênis grande”... Neste caso, o prazer somente poderá ser alcançado, se a fantasia assim o permitir.

Atenção!
As respostas do profissional desta coluna não substituem uma consulta ou acompanhamento de um profissional de psicologia e não se caracterizam como sendo um atendimento



Colunas relacionadas:
SexoCyber Vida a DoisLuiz Alberto PyAmor
para ler as respostas
 
Marcelo Toniette
é psicólogo e psicoterapeuta sexual
>> Mais informações >>
Clique aqui para falar com Marcelo Toniette
para a página principal