MEU DESTINO EM TUAS MÃOS
  





Produzido em 1961-1962. Lançado em 8 de julho de 1963 (São Paulo/ SP). Preto e Branco. 80min.

Produtor
Augusto Pereira (de Cervantes), (Indústria Cinematográfica Apolo) Diretor José Mojica Marins Argumento e Roteiro José Mojica Marins Roteiristas não-creditados Ozualdo Candeias Diretor de Fotografia Rui Santos Assistente de Fotografia Alex Belar Música Hermínio Gimenez Montagem Máximo Barro Assistente de Montagem Ebba Picchi Cenógrafo José Vedovato Letreiros Animados Milton Erike, José Gambero, Roberto da Costa e Arlindo da Silva Distribuição em Vídeo S.A.M. Rádio Pictures/EUA Something Weird Video Elenco Franquito, Alvino Cassiano, Nilton Batista, Delmo Demarcos, Nivaldo Guimarães, José Mojica Marins, Augusto de Cervantes, Carmem Marins, Mário Lima e Nivaldo de Lima.

O drama de cinco crianças pobres que vivem infelizes com suas respectivas famílias. Cansados de abuso e desprezo, os amigos fogem de casa e saem a pé pelas estradas, acompanhados apenas pelo violão e pela cantoria de Carlito, o mais velho deles. O jovem Franquito (“o garoto da voz de ouro”) foi a resposta caseira encontrada por Mojica para o estrondoso sucesso de Pablito Calvo, astro mirim do filme espanhol “Marcelino, Pão e Vinho”. O próprio Mojica compôs três das dez canções interpretadas por Franquito no filme.