As baladas de amor por Ithamara Koorax
Aclamada pela bíblia do jazz, a cantora traz seu novo CD ao Brasil com inédita de Jobim

por Beto Feitosa

Festejada com o título de 4a melhor cantora de jazz pela prestigiada revista Down beat, Ithamara Koorax traz ao Brasil seu mais novo CD, Love dance - the ballad album (Som Livre). Na cola do lançamento, Ithamara se apresentou no circuito SESC de São Paulo em cinco shows lotados e ótima cobertura da mídia. No último fim de semana levou seu show para o Mistura Fina carioca.

Misturando inglês e português em um esperanto musical, Ithamara passeia por estilos diferentes com sua interpretação visceral e afinação perfeita. Se ao vivo ela emociona e impressiona, em CD a perfeição é tamanha que o disco não se cansa de tocar. Perfeccionista e cuidadosa, seus lançamentos são sempre irrepreensíveis.

Como o próprio subtítulo diz, esse é um CD de baladas jazzísticas. Criativa, consegue encontrar novos caminhos para passear por uma obra prima de Jobim, Lígia. Tom ainda comparece em Olha Maria, parceria com Chico Buarque e Vinícius.

Esperta e atenta, Ithamara, que foi acompanhada pelo piano do maestro em uma de suas últimas gravações, também dá à luz a inédita Absolut Lee, bônus do lançamento brasileiro. A música foi apresenta a Ithamara pelo próprio Tom em 1994, quando gravaram juntos, mas só agora a cantora conseguiu a autorização para gravar. Escalada para trilha sonora da próxima novela das oito, Celebridades, é motivo de orgulho para a cantora.

Provando o talento de reesculpir monumentos, Ithamara flerta com o bolero em uma versão voz e piano de La puerta, de Luis Demétrio. Em April in Paris é acompanhada pelo violão de Luis Bonfá, a quem dedica o CD.

Ithamara já gravou um álbum inteiro com músicas de Bonfá. Talvez um dos melhores trabalhos da cantora, Almost in Love nunca foi lançado comercialmente no Brasil. Encartado em um luxuoso livro com letras e fotos, foi brinde para deleite de poucos. Traz momentos inesquecíveis como Correnteza e Empty glass. No novo CD juntou a maior banda e chamou o compositor para tocar violão Man alone, composição dele.

A faixa título, Love dance é uma versão para o inglês de Lembrança, um dos maiores sucessos de Ivan Lins nos EUA. Ainda da lista de brasileiros festejados no exterior, repete uma dobradinha constante e bem sucedida com Marcos Valle. O compositor leva seu piano para acompanhar Ithamara em O amor é chama, parceria com o irmão Paulo Sérgio Valle, sucesso de 1967.

A discografia de Ithamara sempre foi nobre. Desde a estréia em um CD ao vivo acompanhada de teclado e piano até esse recente Love dance, os trabalhos valorizam a incrível voz da cantora. O reconhecimento pela revista que é a bíblia do jazz americano é merecido. Se servir para que ela seja ainda mais ouvida, muito melhor.

CD Ithamara Koorax - Love dance - the ballad album
matéria anterior:
  • Revista do samba lança CD no Brasil um ano depois da Alemanha