Sanfoneiros reunidos
Dominguinhos, Sivuca e Oswaldinho: cada um belisca um pouco

por Beto Feitosa

O som do sertão está no CD Cada um belisca um pouco que reúne um trio de sanfoneiros arretados, criativos e talentosos: Dominguinhos, Sivuca e Oswaldinho.

O encontro, ensaiando e planejado há dez anos, soma talentos e multiplica sonoridades. Músicos de primeira, dispensam truques de estúdio e gravam como se fosse ao vivo; para valer.

Esse trabalho é dedicado a Luiz Gonzaga, rei do baião. Das 20 músicas, dez são composições do mestre. Números clássicos como Asa branca, Qui nem jiló e outras menos conhecidas como A dança da moda, Fuga da África e Quero chá festejam o encontro.

A seleção de repertório não foi ensaiada. As músicas entraram de acordo com a memória afetiva dos três artistas, que também mostram suas composições.

Sivuca traz a sua Feira de Mangaio (parceria com a esposa Glorinha Gadelha), Feijoada e Adeus Maria Fulo (com Humberto Teixeira). Dominguinhos também tira os sucessos da manga e apimenta Eu só quero um xodó (com Anastácia), Nilopolitano e Pedras que cantam (com Fausto Nilo). De Oswaldinho o trio interpreta a faixa que deu nome ao CD (dobradinha com Paulo Nascimento).

O nordeste canta na sanfona dos três músicos. Um CD de sonoridade tão regional, mas que, por isso mesmo, tem qualidade e força para agradar ao mundo. Sem disputas, cada um belisca, sola e brilha um pouco. E quem sai ganhando é a música. Outro encontro desse pode demorar mais dez anos...

 compre aqui direto da gravadora:
CD Dominguinhos, Sivuca e Oswaldinho - Cada um belisca um pouco
matéria anterior:
  • Rosa Emilia mostra um outro lado do Clube da Esquina