Zeca Baleiro e sua Ópera Infame
DVD com show Pet shop mundo cão mostra as misturas musicais do compositor

por Beto Feitosa
fotos Marcos Hermes

Dois anos depois de estrear a turnê de lançamento do CD Pet shop mundo cão - a ópera infame no Rio, Zeca Baleiro fecha o ciclo com o DVD gravado em São Paulo. Primeiro de uma série que vai colocar no mercado todos os shows do compositor, ganhou direção solta de Tadeu Jungle sem muitos efeitos. O foco é o que acontece no palco, o espetáculo de Zeca Baleiro.

Depois de rodar o país durante um ano Zeca gravou os shows nos dias 10 e 11 de outubro de 2003 no DirecTV Music Hall. Repleto de interferências de vídeos e áudios, a banda Semiótica acompanha Zeca Baleiro em músicas do CD de mesmo nome e um rápido passeio pelo passado. O maior hit radiofônico do compositor, Lenha é lembrado apenas por um vídeo de uma mulher cantando à capella.

Inteligente e atento, reza na cartilha tropicalista de misturar tudo e devolver com sua cara. Recicla Novos Baianos (A mídia), Luiz Gonzaga (Pagode russo) e Braguinha (Fio da veia). Em suas próprias composições tem citações de várias músicas. Quem prestar atenção reconhece trechos de Rua Augusta, Estrada do sol, Os mano as mina e A flor e o espinho.

Zeca Baleiro mostra a balada acústica Fiz essa canção ao violão e distorce a guitarra para quebrar tudo em Heavy metal do senhor. Criativo e inquieto, na entrevista que faz parte dos extras no DVD, explica o seu estilo de não ter estilo. Assim pode ir do deboche do Drumembêis até o samba de Juízo final. A tônica é sempre o bom humor, presente também em músicas que ele nunca havia gravado como no trecho de Vai de Madureira, feito para o último CD das Frenéticas. A participação do lendário grupo vocal As gatas é um resgate interessante, elas se saem bem no samba pop Minha tribo sou eu.

Como Zeca Baleiro não é nada convencional ele começa pelo final. Em um futuro breve outros DVDs vão resgatar seus shows anteriores, até chegar ao primeiro, Onde andará Stephen Fry?. De volta ao começo, vivendo o presente de olho no futuro.


Empresária grava inéditas de Zeca Baleiro


A ópera infame de Zeca Baleiro estréia no Canecão

matéria anterior:
  • Beth Carvalho reúne amigos e afilhados musicais em CD ao vivo
    ÚLTIMOS LANÇAMENTOS