O ritmo irresistível de Marcelo Salazar
Misturando percussão e eletrônica, músico lança seu novo trabalho no Brasil

por Beto Feitosa

Congas, bongôs e timbales do percussionista Marcelo Salazar promovem um coquetel de ritmos que resulta em um som dançante irresistível. Juntando acid-jazz, new bossa, fusion, drum & bass, techno, jungle, funk e hip-hop, Salazar criou o que chama de The tropical lounge project, título de seu novo CD, o primeiro pelo selo JSR do produtor Arnaldo de Souteiro.

"Trata-se de um talento multi-facetado que, entre os percussionistas, só encontra paralelo em Ralph MacDonald", elogia o orgulhoso produtor que tem sua gravadora, há quatro anos, na lista das dez melhores na categoria jazz de acordo com a revista norte-americana Down Beat. Para provar que Arnaldo não está exagerando, Marcelo Salazar usa sua criatividade e dezenas de instrumentos diferentes para encontrar a cara de cada uma das quinze músicas de seu disco.

Logo na primeira faixa Marcelo Salazar deixa claro. A voz forte de Taryn Szpilman cantando Funk brasileiro é um irresistível convite para balançar. O ritmo contagiante é moderno e chama atenção pela novidade. Elementos eletrônicos vão aparecer em todo o disco, mas a força maior fica na música orgânica com o calor da cozinha de percussão, baixo e metais. Um som singular para pistas descoladas do mundo inteiro.

A inconfundível voz de Ithamara Koorax, bastante conhecida dos amantes de jazz ao redor do mundo, passeia com doçura por Smoke in the city, deliciosa parceria bossa nova de Marcelo Salazar com Roberto Menescal. A gravação já caiu na graça dos asiáticos e já faz parte de duas coletâneas lançadas por lá, Ipanema Sessions e Audiophile Bossa Voices.

Já Danilo Caymmi aparece irreconhecível em Sensual move, parceria dele com o percussionista. A participação do DJ DaLua, membro do BossaCucuNova e especialista em remixar sons brasileiros, acentua o lado dançante sensual da música. Danilo volta com sua flauta em Street angels, mais uma parceria da dupla que aparece em faixa-bônus.

Ao longo de The tropical lounge project passam alguns dos mais respeitados músicos brasileiros como Paula Faour (piano), Marcelo Mariano (baixo), Guilherme Dias Gomes (sopros), Luciano Alves (teclado) entre outros.

Gravado entre Rio e Londres, o CD foi lançado primeiro no Japão. O coquetel sonoro tropical agora chega ao Brasil com um show de lançamento quinta, 20 de outubro, no Espírito das Artes (Cobal de Botafogo - Rio de Janeiro). A mistura irresistível que nasceu no Brasil e viajou o mundo volta para casa e comanda a festa.


matéria anterior:
  • Victor da Costa mistura influências
    ÚLTIMOS LANÇAMENTOS