Essa tal de Rita Lee
Roqueira ganha biografia bem humorada

por Beto Feitosa

Rita Lee é personagem de uma deliciosa e bem humorada história no livro Rita Lee mora ao lado, de Henrique Bartsch. Misturando realidade e ficção, o autor conquistou a simpatia da roqueira, que acompanhou toda a criação do livro apimentando algumas histórias e escreveu a orelha recomendando o trabalho.

A história gira em torno da atrapalhada Bárbara Farniente. Sua mãe era apaixonada pelo pai de Rita e seguia a família Jones acompanhando as histórias sempre de longe. Com um toque de Monty Python, Bárbara nasce no mesmo dia e na mesma hora de Rita. As vidas das duas se cruzam em vários episódios, sempre para desespero da segunda que, da janela de seu apartamento, acompanhava o movimento na casa dos Jones através de um binóculo.

O texto traz detalhes da vida de Rita Lee conhecidos por poucos, histórias de família e de sua infância. Não passa açúcar nos momentos mais dramáticos, narrando overdoses, depressões e acidentes. Um dos grandes baratos é descobrir, ao longo do livro, o que é realidade e o que é ficção. Um leitor desavisado pode encarar Rita Lee mora ao lado como uma história criada pelo autor mas, acreditem, grande parte das aventuras ali descritas são a mais pura realidade.

A relação do autor com a personagem é antiga. Fã desde a época dos Mutantes, Henrique Bartsch é também compositor, tecladista e guitarrista. Colaborador da biografia A divida comédia dos Mutantes, de Carlos Calado, vem trabalhando na história de Rita há cinco anos.

Trocando e-mails com Rita, chegou a esse formato, que apresenta a história não de forma cronológica e nem jornalística, e sim como uma "biografia alucinada", como anuncia na capa. Uma ficção recheada de histórias geniais que são a mais pura verdade, pode acreditar.


Entre Mickey Mouse e a rainha mãe - Rita Lee fala de novo CD em entrevista exclusiva


Ouça aqui sucessos de Rita Lee na Rádio UOL


matéria anterior:
  • Kléber Albuquerque faz seu próprio Desvio
    ÚLTIMOS LANÇAMENTOS