Sandália de Prata suinga com classe em compacto
Formato diet apresenta cinco músicas do grupo

por Beto Feitosa

O grupo Sandália de Prata estréia seu samba em cinco faixas inéditas apresentadas em forma dos velhos compactos.

O formato diet pouco convencional já chama a atenção por si. Afinal, de que se trata? Como se cataloga? EP? Single? A sugestão de chamar de compacto é um charme a mais para o grupo. A capa reproduz o tamanho e a arte dos antigos discos pequenos de vinil.

O Sandália de Prata se apresenta sem excessos, escolhendo o filet mignon de seu repertório. Em uma época e que os lançamentos pipocam de todos os lados, a artimanha já é um convite a se ouvir. Afinal, o que querem passar em apenas cinco faixas e menos de 20 minutos de música? Apenas o essencial.

O som do grupo remete aos sambas suigados, com o melhor gostinho da black music dos anos 70. Mas nada muito retrô, o som é contemporâneo e conquista de cara. Se o repertório não traz nenhuma proposta revolucionária, o Sandália de Prata conquista justamente por trazer uma estética já conhecida mas pouco ouvida nos dias de hoje.

O disco abre com o samba-apresentação, espécie de cartão de boas intenções do grupo, batizado como Sapato de ouro. O vozeirão de Ully Costa conquista de primeira acompanhada pelo auxílio luxuoso de uma banda que incendeia o samba com bem vindos metais.

As músicas são assinadas pela vocalista além de Marquinho Dikuã, Ale Muniz e Luciana Simões. Musas como Letícia e Gildete garantem que o baile continue e a boemia tenha seu espaço. Mas a melhor faixa encerra o disco-aperitivo. Sou do samba deixa gosto de "quero mais". Aí só resta ouvir mais uma vez, aparecer em um baile-show e aguardar a continuação.

Quando Zeca Pagodinho colocou a gafieira de volta em voga, o mercado se abriu novamente para um samba mais rico do que os que andavam freqüentando as FMs do país. Se esse novo cenário permite o surgimento de grupos suigados como o Sandália de Prata, o salão está aberto, os estatutos estão ditos e o baile pode começar.


matéria anterior:
  • Ensaio traz histórias de Nelson Gonçalves e Fundo de Quintal
    ÚLTIMOS LANÇAMENTOS