Fhernanda canta obra passional de Fátima Guedes
Terceiro trabalho da cantora afirma afinidades com obra da compositora

Cantora e compositora carioca com mais de 30 anos de carreira, Fhernanda Fernandes lança seu quinto trabalho. O novo CD marca seu encontro com o repertório de Fátima Guedes em Passional. Editado pela gravadora Jóia Moderna, dirigida pelo DJ Zé Pedro que dividiu com a cantora a seleção de repertório, traz treze músicas da compositora em novos arranjos.

Passional, além de ser uma das canções, é titulo certeiro para unir afinidades entre compositora e intérprete. Fhernanda tem a densidade necessária para cantar o repertório de Fátima Guedes. Com propriedade visita a riquíssima obra em músicas como Dor medonha, Tanto que aprendi de amor, Absinto e Desacostumei de carinho. Sua releitura para Flor de ir embora não fica devendo para a gravação de Maria Bethânia, que tornou a canção conhecida em 1990. Única parceria do disco, É sério traz letra de Fátima escrita em 1999 para música inédita composta por Djavan anos antes.

A tarefa de interpretar Fátima Guedes é complicada por se tratar, a própria autora, de uma excelente cantora de fortes digitais. Sem se distanciar muito dessa marca, Fhernanda consegue vencer o desafio e imprimir sua própria leitura com clima jazzy, à frente de uma ótima banda comandada pelo violonista Felipe Poli. Nessas recriações Fhernanda pinta com cores lusitanas Dor medonha, redesenhada no bandolim de Pedro Braga. A música foi gravada por Fátima em 1980 no mesmo álbum que tem seu maior sucesso, Cheiro de mato.

Fhernanda é cantora de cores fortes e emoção na voz, bem longe da estética clean que vem imperando nas últimas décadas. Sem evitar cantos escuros e emoções fortes, Passional é um disco para ser ouvido como aula para muitas cantoras que capricham na aura de diva e esquecem de mostrar a alma.

Compartilhe: envie link pelo Twitter envie link pelo MySpace envie link pelo Facebook envie link por e-mail

 
+ conteúdo relacionado
comente aqui    comente aqui
Ouça faixa:

matéria anterior:
  • Box reúne álbuns de Wanderléa nos 70
  • ÚLTIMOS LANÇAMENTOS